LED: tecnologia da economia

Há um bom tempo “ser sustentável” deixou de ser apenas moda para se tornar uma necessidade para as pessoas e empresas. Todos os que são conscientes procuram fazer sua parte. Seja em casa ou no trabalho, economizar recursos naturais é uma das formas de contribuir para um mundo melhor. A PlastPrime, por exemplo, tem processos industriais ambientalmente corretos, e vários de seus produtos são fabricados com reaproveitamento de materiais recicláveis, como as caixas longa vida e garrafas PET.

Quando falamos em sustentabilidade, a energia elétrica é sempre citada. Isso porque produzir essa energia causa um grande impacto ambiental, mesmo no caso do Brasil, onde grande parte da eletricidade é gerada por usinas hidrelétricas. Portanto, diminuir o consumo é um modo de cada pessoa contribuir.

Ao falarmos em eletricidade, de uns anos pra cá um produto tem se destacado: as lâmpadas LED. Essas três letrinhas significam “Light Emitting Diode”, ou “diodo emissor de luz”. E é um tipo de produto que já está em todo lugar: nas casas, nas empresas, nas ruas, nas TVs, nos semáforos, em árvores de Natal, em aparelhos eletrônicos e muito mais. No uso cotidiano como iluminação, a grande vantagem das LEDs em relação às lâmpadas incandescentes, halógenas e fluorescentes é a economia de energia e a maior durabilidade. O segredo é que, nesse tipo de lâmpada, a energia é transformada quase que totalmente em luz, e não em calor. Dessa forma, ela não desperdiça energia.

 

Pra se ter uma ideia, uma lâmpada LED de 4,5 W ilumina o mesmo tanto que uma incandescente de 60 W, economizando 55,5 W/hora. Já uma LED de 18 W faz o mesmo que uma fluorescente tubular de 40 W e diminui o consumo em 22 W/hora. Quando o assunto é reposição, a LED pode durar até 50 mil horas, enquanto uma incandescente dura no máximo mil horas; a halógena, 3 mil horas; a fluorescente compacta, 6 mil horas; e a fluorescente tubular, 7 mil horas.

 

Embora a lâmpada LED seja um pouco mais cara na hora de comprar, a economia de energia e a durabilidade valem a pena. Seu bolso e o meio ambiente agradecem!

 

Fontes: www.significados.com.br, www.santarita.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *