10 dicas indispensáveis para uma horta saudável

Você sabia que ter uma horta saudável depende de diversos fatores, e que esses devem ser trabalhados de modo integrado para que tenhamos melhores resultados? Isso mesmo, as hortas caseiras precisam de alguns cuidados especiais para que se desenvolvam com força e beleza.

Quer saber mais sobre o assunto e conhecer dicas de como ter uma horta sempre saudável? Então, confira o conteúdo a seguir!

1. Conheça as variedades

Há diversas espécies que podem ser cultivadas na sua horta, mas se você não as conhece bem, não conseguirá manter um espaço bonito e cheio de vida.

Por isso, para desenvolver uma horta saudável, antes de escolher as variedades, busque informações sobre necessidades e hábitos de cada uma delas, bem como a estação para melhor plantio. Assim, você poderá aprender a melhor forma de cultivo e, também, optar por aquelas que melhor se adaptam ao seu espaço e umas com as outras – saiba que há espécies que convivem bem juntas, mas outras não.

2. Para ter uma horta saudável, escolha o local ideal

O local da sua horta tem influência direta no desenvolvimento das espécies, e é por isso que é tão importante planejar bem essa escolha.

Prefira sempre locais bem arejados e que recebam incidência de luz solar. Condições mais específicas também devem ser pensadas, mas, nesse caso, a partir das necessidades de cada espécie.

3. Faça a rega com atenção

Que a rega é uma das principais ações de cuidado para uma horta saudável, não é novidade, mas realizá-la da forma correta faz toda a diferença para que as variedades se desenvolvam e gerem bons frutos.

Lembre-se de que o exagero de água pode ser tão prejudicial quanto a falta dela – por isso, cuidado com a quantidade.

4. Adube da forma correta

A adubação faz toda a diferença para o crescimento saudável das espécies e, por esse motivo, deve ser trabalhada de forma periódica.

Para essa atividade, prefira os adubos de origem natural: restos de alimentos, fezes de animais, outras plantas, etc.

5. Aposte em bons fertilizantes

Em alguns casos, a adubação não é suficiente, e alguns fertilizantes acabam tendo que ser utilizados para estimular o crescimento das plantinhas.

Nessas situações, também são recomendados os fertilizantes de origem natural, sem adição de compostos químicos.

6. Use as ferramentas certas


Para ter uma horta saudável, as práticas de manutenção precisam ser realizadas com as ferramentas adequadas para realmente auxiliar no desenvolvimento de sua plantação.

Tesouras, pás, alicates e outros materiais, devem ter qualidade e função coerente com as necessidades das mudas.

7. Proteja sua horta de invasores

As pragas são uma ameaça constante às hortas e devem ser evitadas. Para isso, utilize alternativas de controle, mas que não prejudiquem a saúde das raízes.

Dica: preparamos um artigo com algumas receitinhas caseiras que podem ajudá-la nesse desafio!

8. Não economize tempo

Se você quer ter uma horta saudável, precisa entender que ela exigirá algum tempo para o seu bom desenvolvimento. Ela demandará cuidados e atenção, por isso, não pode ser deixada em segundo plano.

Assim, dedique um pouco do seu tempo diário para as rotinas de manutenção – você verá que, além de útil, essa atividade será bastante relaxante e prazerosa!

9. Não esqueça da poda

A poda também é parte da rotina de cuidados e responsável por estimular o crescimento saudável das espécies. Retirar as folhas secas e as pontas dos galhos é uma prática inteligente e que garante mudas bonitas e com frutos.

10. Replantar faz parte da rotina para ter uma horta saudável

As suas mudas não vão durar para sempre, e é por isso que o replantio deve ser uma prática comum.

Para isso, busque informações sobre as suas espécies e identifique o momento no qual essa ação se fará necessária. Assim, a sua horta estará sempre em renovação e cada vez mais farta e bonita.

E então, o que você achou das dicas para manter a sua horta sempre saudável? Colocando-as em prática, as suas pequenas mudas logo se transformarão em excelentes variedades! Não esqueça de compartilhar a sua experiência aqui nos comentários depois! 

Comentários neste post:

  1. Pingback: 10 temperos para plantar em vasos - Plastprime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *