fbpx

5 dicas de paisagistas para fazer o seu jardim dos sonhos

Os jardins estão mais ornamentais e repletos de recursos, se tornando espaços multifuncionais: de convivência, de reflexão, de plantação orgânica, etc. Eles são pensados para transformar os ambientes e deixá-los ainda mais alinhados à personalidade dos seus usuários. As técnicas para compor esses ambientes estão cada vez mais especializadas e práticas, trazendo alternativas super bacanas e diferenciadas para a composição do seu jardim dos sonhos.

Mas chegou a hora de montar o seu jardim dos sonhos e você nem sabe por onde começar? Confira, neste artigo, algumas dicas paisagísticas para deixá-lo do jeito que você projetou. Acompanhe!

1. O menos é mais no jardim dos sonhos

O paisagismo utiliza técnicas interessantes, que incluem a melhor disposição dos elementos no espaço. Nesse contexto, uma das premissas trabalhadas é a questão de quantidade x qualidade.

Foi-se a época em que o exagero era visto de forma positiva: hoje, a proposta é muito mais clean e minimalista. É preciso reconhecer o ambiente e suas necessidades, escolhendo as variedades certas, na proporção ideal – para, assim, valorizar o jardim e não o deixar sobrecarregado. Plantas amontoadas de qualquer forma causam má impressão e podem tirar todo o glamour do seu jardim.

Para evitar que isso aconteça, a dica dos paisagistas é optar por recursos que ajudem a otimizar e organizar os espaços – como os vasos empilháveis, por exemplo.

2. Mantenha a limpeza e o asseio do espaço

Um jardim bonito é, também, sinônimo de limpeza e arrumação! Ele precisa seguir esses requisitos para que possa ser percebido da forma adequada, como realmente foi idealizado no projeto.

Para isso, o recomendado é trabalhar com rotinas de manutenção regulares, que incluem higienização, poda, replantio, rega, etc. O importante é que não só as plantas, como também o espaço, esteja sempre organizado e em boas condições. Um jardim sem o devido cuidado pode ter seu objetivo paisagístico prejudicado, criando efeito reverso do pretendido.

Para ajudá-lo nessa tarefa, a dica é utilizar um deck modular plástico, que não exige grandes cuidados com manutenção, nem apodrece ou racha, o que contribui para o asseio e a beleza de seu jardim dos sonhos.

3. Use as plantas certas, nas combinações certas

Antes de sair estruturando o seu jardim dos sonhos, é preciso pensar com calma nas espécies que nele serão dispostas. Apenas escolhendo as plantas corretas será possível criar um espaço bonito e aconchegante.

Aqui, é preciso considerar as plantas que melhor se adaptam ao seu tipo de ambiente (exposição solar, tamanho, proteção, clima, tipo de solo), bem como aquelas que combinam entre si, ou seja, que convivem melhor juntas. Sem esquecer, claro, das que terão papel ornamental de destaque no seu espaço, valorizando e o deixando mais atrativo – para essas, alocá-las em bonitos e coloridos cachepôs pode ajudar a criar o realce pretendido.

4. Invista em uma boa iluminação

A iluminação é o segredo de um jardim bem valorizado – característica primordial do seu jardim dos sonhos, certo?

Por isso, uma dica especial do paisagismo é investir em um sistema que possa deixar seu espaço em maior evidência e mais atraente. Luminárias bem trabalhadas, feixes de luz, lâmpadas em formatos e cores diferentes: todas são alternativas que podem fazer diferença nesse contexto. E não pense que esse recurso é importante apenas durante a noite: a iluminação diurna também deve ser pensada!

5. Decorações para complementar

Os jardins modernos não são compostos apenas por plantas, mas, sim, por diferentes estruturas e decorações (e é justamente isso que faz toda a diferença no paisagismo).

Por isso, o seu jardim dos sonhos precisa vir acompanhado de boas referências estruturais e ornamentais. Planeje todo o seu contexto de forma inteligente para aproveitar cada uma das belezas do espaço, bem como deixá-lo confortável para convivência.

Os vasos, os suportes, as banquetas, as pedras e qualquer outro elemento que possa ser agregado ao ambiente merecem atenção especial, e devem harmonizar bem em seu projeto.

O paisagismo precisa ser pensado como um todo, considerando alternativas que complementem o conceito do jardim, dando a ele ainda mais charme. Não deixe de planejar tudo nos mínimos detalhes antes de começar a execução: você vai ver como uma boa análise do espaço pode fazer toda a diferença!

E então, pronta para começar a desenvolver o seu jardim dos sonhos? O que não pode faltar nesse espaço tão especial? Deixe sua mensagem nos comentários!

  1. Pingback: Como as crianças podem ajudar na horta ou jardim em casa? - Blog Plastprime

  2. Pingback: Insetos no jardim: saiba quais manter por perto! - Blog Plastprime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *