5 dicas para quem quer plantar orgânicos em casa

Os orgânicos representam aliados importantes para a alimentação, ajudando a fornecer um modo de vida mais saudável e sustentável. Com isso, o interesse por plantar orgânicos em casa tem aumentado.

Os alimentos orgânicos recebem essa nomenclatura pelo seu tipo de plantio – livre de agrotóxicos e outros produtos químicos. Pela procura cada vez maior, o cultivo desse tipo de variedade passa a ser cada vez mais comum, inclusive nas chamadas hortas caseiras.

Mas, afinal, o que é preciso para plantar orgânicos sem precisar sair de casa? Confira algumas dicas especiais a seguir!

1. Escolha um local propício para plantar orgânicos

O local de plantio é sempre o primeiro passo a ser considerado para a idealização de uma horta. Esse precisa ser pensado de forma estratégica, vislumbrando o bom desenvolvimento das espécies escolhidas.

As hortas orgânicas precisam estra localizadas sob boa incidência solar. Ainda, em local amplo, arejado e com boas condições de solo. O acesso deve ser fácil, mas protegido da ação de agressores externos.

2. Prepare bem a terra para antes do plantio

O preparo da terra é a base de uma horta de orgânicos saudável, o que significa que ela precisa ser rica em propriedades que propiciem o desenvolvimento das variedades.

Assim, investir em um bom preparo, rico em nutrientes, com pH adequado e boa textura é fundamental nesse processo. Vale ressaltar que para a melhor preparação é preciso atentar para as espécies escolhidas, pois cada uma apresenta necessidades específicas – o que nos leva para a dica a seguir!

3. Opte pelas espécies certas

A proposta de plantar orgânicos é muito bacana e representa uma importante mudança cultural da sociedade. Ainda assim, para uma horta planejada de forma mais caseira e iniciante, pode ser melhor não arriscar-se no começo com espécies muito exigentes.

Assim, dar preferência aos vegetais mais resistentes e com maior capacidade de adaptação é a melhor forma de começar uma produção de orgânicos. E há vários exemplos com esse perfil: cenoura, tomate, pimentão, pepino, vagem, alface, espinafre, etc.

Nesse contexto, é importante, ainda, atentar-se para as espécies que convivem bem juntas – há casos como o do morango, que é muito frágil e que, ao plantá-lo próximo a batatas, por exemplo, pode-se atrair fungos bastante prejudiciais para a fruta.

4. Pratique a adubação

A prática da adubação deve ser rotineira ao plantar orgânicos e cuidar de sua horta. Isso porque ela é extremamente importante no processo de absorção de nutrientes essenciais para a saúde das plantas.

Para esse processo, é imprescindível o uso de adubos orgânicos (produtos químicos passam longe dessa proposta de horta. Algumas boas recomendações são o húmus, as cascas de fruta ou ovo, as fezes de animais, a compostagem, os restos de folhas e flores, entre outros.

5. Mantenha uma rotina de cuidados

Os cuidados de manutenção em uma horta de orgânicos devem ser redobrados – afinal, estamos falando de condições específicas de conservação. Além das tradicionais práticas de rega e adubação, é preciso ter um cuidado especial com os agentes externos.

Cercas e telas de proteção são muito bem-vindas e evitam que os insetos e outros animais atinjam as espécies. Alguns pesticidas naturais também podem ser utilizados, para evitar a incidência de pragas e pulgões.

Ainda, a poda também é outro detalhe importante e deve ser feita regularmente e com muita delicadeza – evitando agredir as variedades e prejudicar o seu desenvolvimento.

Não há nenhum mistério para o plantio de uma horta orgânica, desde que os cuidados de manutenção não sejam deixados de lado. Essas espécies precisarão de atenção para que possam se desenvolver com beleza e saúde, mas nada que seja muito trabalhoso!

Por isso, não deixe de investir nessa ideia, os alimentos orgânicos representam uma oportunidade de melhorar a sua alimentação (e a de sua família), bem como seu bem-estar e, ainda, de tomar uma atitude sustentável em seu dia a dia.

E então, pronta para plantar orgânicos em casa? Que espécies você gostaria de ter em sua hortinha caseira? Deixe sua mensagem nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *