6 soluções de revestimento para áreas externas

Ao construir ou reformar, a escolha do revestimento para áreas externas, como varandas, churrasqueiras, garagens ou espaços em torno de piscinas deixa a maioria das pessoas em dúvida. São muitas as opções disponíveis no mercado, e é preciso avaliar criteriosamente as propriedades desejadas no piso antes de escolher o ideal.

Para decidir por um revestimento para áreas externas, é importante considerar as seguintes características:

  • O piso é antiderrapante? Especialmente se houver circulação de crianças e idosos, é bom não deixar essa característica de lado para evitar o risco de acidentes;
  • Haverá tráfego de pessoas e veículos? Se for prevista a circulação de veículos pesados ou o tráfego frequente de carros leves, é preciso considerar a resistência do revestimento para áreas externas.
  • É fácil de limpar? Qual a disponibilidade de pessoal para manter o espaço limpo? Que tipos de sujeiras serão mais comuns? Em espaços como churrasqueiras, por exemplo, é interessante escolher pisos que não absorvam gorduras ou manchem com facilidade.
  • Há necessidade de manutenção frequente? Considere o seu orçamento e disponibilidade para manutenções do piso.

É claro que não é possível encontrar todas as características desejadas em um único material. Se o piso é liso, provavelmente, será fácil de limpar. Já um piso antiderrapante possui superfície porosa e irregular, o que facilita o acúmulo de sujeira, ou seja, não será fácil mantê-lo limpo e, provavelmente, a impermeabilização deverá ser feita com frequência.

Não sabe qual revestimento para áreas externas escolher? Conheça algumas opções:

Piso de pedra natural

#1 Pedras Naturais

Naturalmente antiderrapantes, as pedras naturais conferem um aspecto rústico ao ambiente, porém, dependendo da tonalidade, podem esquentar ao sol.

Por ser um material natural, é bastante poroso, o que faz com que as pedras absorvam água e gordura, exigindo limpeza frequente. Eventualmente, é preciso uma limpeza mais profunda com ácido muriático, que deve ser feita por profissionais.

Piso de Cerâmica

#2 Pisos Cerâmicos

São altamente resistentes e duráveis, porém, exigem limpeza frequente. Sua principal desvantagem é que o piso cerâmico retém bastante calor, o que faz com que a pedra esquente facilmente ao sol.

Piso de cimento

#3 Pisos cimentícios

Fabricados em concreto de alto desempenho, são extremamente duráveis e resistentes, possuem característica antiderrapante e não esquentam ao sol. Os pisos cimentícios demandam limpeza constante e é preciso aplicar impermeabilizantes para evitar a absorção de água e gordura, pois são superfícies muito porosas.

Paver Plástico da Plastprime

#4 Paver

Principalmente para calçadas, um dos revestimentos cimentícios mais utilizados é o paver de concreto. Por ser de fácil aplicação, pode ser removido em caso da necessidade de reparos, e seu uso garante certa permeabilidade ao solo, devido ao espaço entre os pavers.

Para os que buscam essas características em um revestimento para áreas externas, uma opção interessante pode ser o Paver plástico da PlastPrime, que é muito mais leve do que o comum, apresenta maior permeabilidade, por ser permeável em sua área de contato, não somente entre os encaixes. Pode ainda ser fabricado a partir de material reciclado, sendo, portanto, sustentável.

Piso de Madeira

#5 Madeira

Além de conferir um estilo rústico, a principal vantagem da madeira como revestimento para ambientes externos é que ela não impermeabiliza o solo, garantindo que a água da chuva escoe para o lençol freático.

O lado negativo da madeira é que, se não for tratada adequadamente, pode apresentar problema de apodrecimento, sofrer ataque de fungos e insetos ou, ainda, empenar por absorver muita água.

Deck Modular Plástico da Plastprime

#6 Deck modular plástico

Para quem busca o estilo rústico de um deck de madeira, mas também quer praticidade no revestimento para áreas externas, o deck modular plástico da PlastPrime é uma excelente escolha.

Sua base é produzida em PEAD –Polietileno de Alta Densidade – e as ripas em PPTP – plástico proveniente da reciclagem de caixas longa vida.

O deck modular plástico é um revestimento duplamente sustentável: ao utilizá-lo, você não apenas está deixando de extrair um recurso da natureza – a madeira – como está reutilizando um material de difícil reciclagem –  as embalagens longa vida.

É um revestimento resistente a cargas, aos raios UV, à maresia e umidade, não apodrece e não é suscetível ao ataque de insetos ou pragas. Sua instalação e manutenção são fáceis, além de ter custo menor do que o deck de madeira.

Escolhendo o revestimento para áreas externas

Para cada situação haverá uma solução mais adequada, mas não existe a escolha perfeita!  É preciso escolher o material que apresente mais vantagens desejadas por você, avaliando o custo, estética, frequência necessária de manutenção e disponibilidade de mão de obra – pois alguns pisos exigem profissionais específicos para aplicação.

E você, está construindo ou reformando e precisa decidir seu revestimento para áreas externas? Conte para a gente nos comentários que material está pensando em usar e até a próxima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eBOOK GRATUITO!

CONSTRUA O QUINTAL IDEAL PARA SEU CACHORRO!