Abelhas: pequenas no tamanho e grandes na importância

Provavelmente, você já teve contato com esse pequeno inseto, mas pode ter ocorrido de não ter sido uma experiência agradável, certo? Quando se pensa nas abelhas, logo vem à mente o poder de suas ferroadas e o receio da convivência, não é mesmo?

Entretanto, a verdade é que essa pequena criatura traz grandes benefícios para nossa vida e exerce um papel fundamental na sustentabilidade do planeta. Que tal saber mais sobre o assunto e compreender melhor a importância das abelhas? Descubra tudo a seguir!

Sobre as abelhas

Esse pequeno inseto, tão comum no meio ambiente, tem características bastante peculiares – principalmente relacionadas ao modo de vida e à atuação ambiental. Elas vivem geralmente em colmeias e trabalham de forma conjunta nos processos de produção de mel e polinização, por exemplo.

São mais de 25.000 espécies conhecidas em todo o planeta, as quais são extremamente adaptáveis a diferentes habitats e estilos de vida. Algumas fazem jus às populares descrições, enquanto outras apresentam características diferentes de sobrevivência – por exemplo, você sabia que há também algumas variedades que não possuem ferrão nem produzem mel?

O tempo de vida da abelha não e tão longo (varia conforme a espécie, mas não ultrapassa 5 meses), característica essa que é superada pelo alto índice reprodutivo do inseto.

A importância das abelhas para o homem e para a vida do planeta

A relevância das abelhas no contexto ambiental merece destaque, uma vez que essas trabalham de forma ativa no processo de polinização. Isso acontece porque esse pequeno inseto costuma buscar nas flores o seu alimento, consequentemente distribuindo pela natureza o pólen produzido por essas variedades. De fato, somente as abelhas são responsáveis por 80% da polinização em todo o planeta – que grande trabalho para um ser tão pequeno, não é?

Por meio do pólen, as espécies podem se reproduzir – garantindo a presença dessas no contexto do meio ambiente. Se não ficou claro para você a importância desse processo, veja um exemplo: você gosta de melancia ou maracujá? Se sim, você gosta e aprova, mesmo sem saber, esse trabalho das abelhas! Esses e outros alimentos não existiriam ou seriam bastante diferentes sem a polinização feita pela abelha – já imaginou, por exemplo, a vistosa berinjela sendo menor do que uma maçã? É, sem a polinização, essa poderia ser a realidade!

Ainda, sem as atividades das abelhas, a vegetação seria bastante reduzida – o que, por consequência, reduziria também a quantidade de animais no planeta.

Além disso, cabe destacar que as abelhas têm protagonismo na produção de um importante alimento: o mel, além de geleia real e própolis. Mas não é apenas nesses produtos característicos que a abelha tem importância: no Brasil, das 141 espécies de plantas cultivadas para uso na alimentação humana, produção animal, biodiesel e fibras, cerca de 60%,depende da polinização.

O projeto Jardins de Mel

Hoje, felizmente, há grandes projetos que valorizam a atuação das abelhas no meio ambiente. Dentre esses, pode-se destacar o Jardins de Mel.

Esse projeto foi idealizado pela prefeitura de Curitiba, no Paraná, e tirou do papel a ideia de um apiário de uma área de 1.500 metros quadrados. O espaço foi construído no Parque Barigui, próximo ao centro da cidade, e agrega uma grande população de abelhas nativas sem ferrão, as quais atuam na polinização de 90% das espécies brasileiras. O plano é de que o projeto se espalhe e compreenda também outros espaços da região.

Viabilizada em 2017, a ideia garante a manutenção dessas espécies, bem como a promoção de um habitat adequado para o desempenho de suas funções na produção do mel. No apiário, há caixas específicas para a criação das abelhas, as quais são feitas especialmente para este fim – garantido a saúde e o bem-estar delas.

O local também é utilizado como espaço de convivência, trazendo ao parque ainda mais vida e aproximação com a natureza. Nesse ambiente, construiu-se ainda uma oportunidade de conhecimento – e, de certa forma, sensibilização – sobre as abelhas, valorizando a atuação desses pequenos insetos no meio ambiente.

Para oportunizar essa experiência, o planejamento envolveu grande estudo da área e análise de investimentos em alternativas adequadas. Para a concepção, optou-se pelo uso do PlastFloor, produzido pela PlastPrime – um pavimento de estrutura permeável resistente a cargas e paisagisticamente neutro, que pode ser preenchido com grama, granilha, areia ou saibro – ou seja, a combinação perfeita para um apiário.

Oportunidades trazidas por projetos como esse são extremamente pertinentes na sociedade atual. Isso porque estimulam a compreensão da importância dos pequenos seres nas ações de manutenção do meio ambiente. Além disso, garantem um contato mais próximo com a natureza e a preservação do ecossistema no curto e longo prazo. E para quem menosprezava as abelhas, fica o registro do quão importantes elas são!

E então, você já sabia da importância das abelhas? O que achou do projeto Jardins de Mel? Deixe sua mensagem nos comentários e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *