Bonsai: dicas para iniciantes!

Bonsai

Você já ouviu falar dos bonsais? Tratam-se de árvores adultas em miniatura que são um charme! Tem vontade de ter uma dessas pequenas e delicadas árvores, mas não sabe por onde começar?

Para ajudá-la, preparamos o post de hoje com algumas dicas essenciais, que devem ser consideradas, principalmente pelos iniciantes, para garantir o sucesso na plantação de um bonsai. Confira e mantenha o seu sempre bonito e cheio de vida!

Bonsai: a arte da paciência e da tranquilidade

O cultivo do bonsai é adotado por muitas pessoas para desenvolver mais calma e paciência. Isso não apenas em relação aos cuidados com a plantinha: a verdade é que o bonsai tende a levar diversos anos para se desenvolver.

Esse processo pode ser curtido por você, acompanhando com calma o seu desenvolvimento e aprendendo com o tempo as especifidades de sua pequena árvore.

Bonsai de várias espécies

Escolha da espécie

Você sabia que há diferentes espécies de bonsai? E que os cuidados variam de uma para a outra? Pois é verdade: há uma variedade grande desta planta e cada uma apresenta determinadas peculiaridades.

É por isso que uma dica especial para aqueles que estão iniciando o cultivo é buscar por uma alternativa de cuidado mais simplificado.

Escolha o bonsai que exija menos atenção e que não sofrerá consequências árduas caso você cometa pequenas falhas. Mas, claro, tenha ciência de que, de qualquer forma, os bonsais possuem um mesmo padrão de sobrevivência, então, as diferenças não são tão divergentes assim.

Bonsai

Localização

Se há um fator que reflete diretamente na saúde do bonsai é a localização em que ele se encontrará. Seja lá qual for a espécie, este cuidado será sempre essencial.

Os ambientes fechados são inimigos número 1 dos bonsais. Por isso, evite ao máximo mantê-los dentro de casa – lembre-se, há outras plantinhas perfeitas para ambientes internos! Os bonsais exigem a exposição ao ar livre e a incidência solar mínima de seis horas por dia.

Rega de bonsai

Rega

Uma das principais causas que levam ao insucesso do cultivo do bonsai é a rega equivocada. Às vezes, o problema é rega demais, às vezes de menos.

A quantidade de água deve ser exata para que mantenha a planta sempre úmida, mas nunca encharcada. O seu excesso pode apodrecer as raízes e a falta impede o desenvolvimento da planta, murchando-a.

Ainda, é preciso se atentar para a espécie em questão, já que algumas absorvem mais água do que as outras, exigindo maior frequência de rega. A quantidade de água também varia conforme o tamanho em que o bonsai se encontra, bem como o tipo de plantação realizada.

Adubação com NPK

Adubação

Não pense que a adubação é necessária apenas no começo e que, depois, tudo acontece por si só. A adubação do bonsai precisa ser contínua e tratada com a devida importância.

Durante o seu período de crescimento – ou seja, do início da primavera até o outono – a adubação deve ser feita de maneira intensa, a fim de que o seu bonsai receba os estímulos necessários para o seu crescimento. Como potencializador para esta atividade, destaca-se o famoso composto NPK (Nitrogênio + Fósforo + Potássio).

Transplante

O transplante, com a troca de bandeja, deve ser realizado de acordo com a necessidade da sua espécie e respeitando o seu ciclo de vida, podendo variar de períodos mais curtos (de dois em dois anos) a mais longos (de seis em seis anos).

Poda de bonsai

Poda

As podas da copa do bonsai devem ser feitas 2 meses antes do início da sua floração. Assim, você não perderá raminhos produtivos que ainda não são tão visíveis.

Já a poda das raízes deve ser realizada apenas quando houver a troca de bandeja.

Viu como cultivar um bonsai não é tão difícil quanto se imagina? Que tal iniciar nessa arte? Lembre-se de compartilhar sua experiência aqui nos comentários. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *