Como economizar em obras no momento de crise?

Os últimos anos não foram muito promissores para a construção civil e nem para a economia como um todo. Embora o Brasil tenha dado alguns sinais de melhora, e o mercado reagido um pouco, a maioria dos especialistas ainda está cautelosa em relação à economia do país.

É em tempos de crise que as empresas se reinventam, buscam novos processos e procuram soluções inovadoras. No mercado de construção, são muitas as alternativas que podem ser adotadas para economizar em obras, e no artigo de hoje, nós listamos algumas delas. Acompanhe.

Investir na concepção integrada de projetos

A concepção integrada de projetos é uma nova metodologia que vem sendo cada vez mais usada no setor de construção civil. Sua implementação pode ser uma ótima estratégia para economizar em obras.

Esse método é uma forma de melhorar o planejamento, de modo a reduzir o desperdício, os custos e melhorar a produtividade. A concepção integrada de projetos é fundamentada no trabalho em equipe entre proprietário, arquitetos, engenheiros e subcontratados.

Implementar a concepção integrada de projetos na sua construção é uma oportunidade não apenas para economizar em obras, mas também de reunir os requisitos para a certificação LEED.

Utilize Lâmpadas de LED

As lâmpadas de LED são opções mais sustentáveis e uma excelente alternativa para economizar em obras. Elas utilizam menos energia e também são muito mais duráveis que as lâmpadas convencionais. Isso representa uma economia na conta de energia elétrica e também uma economia nos custos de manutenção, já que você terá que gastar menos comprando novas lâmpadas ao longo do tempo.

Além de economizar em obras, você também estará fazendo uma opção mais amiga do planeta, já que as lâmpadas de LED não possuem elementos tóxicos em sua composição, ao contrário das lâmpadas fluorescentes. Você pode ler mais sobre as vantagens da lâmpada de LED nesse post!

Evitar desperdícios

O índice de desperdício em obras costuma ficar na casa de 5%. Pode parecer pouco, mas pode representar um grande valor monetário cujo desperdício poderia ser evitado de maneira simples.

O armazenamento correto de materiais é uma atitude que ajuda a economizar em obras. Se o cimento for deixado a céu aberto, pode estragar com a chuva, por exemplo. Telhas e tijolos devem ser guardados em pilhas e protegidos da ação do sol e da chuva.

Outra ação em relação aos materiais é não comprar todo o material de uma única vez. Alguns materiais mais frágeis como azulejos e cerâmica podem acabar quebrando no canteiro de obras, por isso devem ser comprados próximos a data de uso. Não ter todo o material comprado pode ser útil caso ocorram pequenas mudanças no projeto durante a construção. Assim, não haverão grandes desperdícios, o que ajuda a economizar em obras.

Soluções sustentáveis para economizar em obras

Existe uma consenso geral equivocado de que obras que investem em aspectos sustentáveis acabam saindo mais caras. A verdade é que ações sustentáveis ajudam a economizar em obras, pois geralmente graças a essas ações esses edifícios acabam tendo um custo operacional de manutenção menor.

Se na sua obra você decidir, por exemplo, investir na construção de um telhado verde, o custo da implantação desse sistema terá retorno rápido através da economia de energia que esse sistema traz à edificação.

Isso porque ao cobrir o terraço de um edifício com vegetação e plantas, a energia absorvida por estas irá fazer com que o uso de aparelhos de ar condicionado seja reduzido ou até mesmo eliminado. Além disso, as plantas ajudam a reduzir a poluição atmosférica, aumentam a umidade do ar criando um microclima mais agradável e ajudam na criação de um belo espaço verde que pode servir como área de lazer.

A PlastPrime fabrica uma estrutura permeável que pode ser usada na montagem de um telhado verde. Se você estiver interessado em saber como montar um, baixe nosso eBook sobre o tema.

Você já tinha pensando em alguma dessas alternativas para economizar em obras? São em épocas de crise que as melhores ideias e iniciativas acabam surgindo. Se você gostou desse artigo, não deixe de ler também as nossas dicas para economizar em reformas

Se você tem alguma dúvida ou outra fica sobre como economizar em obras deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *