Como controlar pragas e fazer adubação das plantas em casa?

Você sonha com um belo jardim, mas fica com receio porque não tem um grande espaço em casa? Não se preocupe! Você pode tê-lo dentro de suas possibilidades, desde que organize tudo com capricho e dedicação.

Pensando em ajudá-la a ter plantas sempre lindas e saudáveis, o post de hoje veio para falar sobre dois assuntos muito importantes: adubação das plantas em casa e controle de pragas.

Depois da leitura, você verá que vai ser mais simples do que imaginou cuidar de um jardim e fazer a adubação das plantas em casa. Acompanhe!

A adubação das plantas em casa

Vamos começar pensando no processo de desenvolvimento das plantas. O que elas precisam? Como podem crescer fortes e bonitas? A resposta está em uma etapa simples, mas fundamental: a adubação.

Ela se refere à pratica de incentivo ao crescimento das plantas – fundamental para fertilização e estímulo, e é a responsável por fornecer às mudas os nutrientes necessários para que se desenvolvam com saúde.

Por isso, a adubação das plantas em casa deve ser iniciada junto à semeação e regularmente mantida, a fim de que os resultados sejam eficientes e progressivos.

Adubação orgânica

Existem muitas opções de adubos e fertilizantes no mercado. Mas, a dica especial é apostar, também, nos chamados adubos orgânicos, que podem ser preparados em casa. Eles são compostos simples, derivados de resíduos caseiros – de origem vegetal ou animal -, como sobras de frutas e vegetais, restos de plantas, cascas de ovos, farinhas, ossos de animais, etc.

Os adubos orgânicos desempenham papel tão bom (ou melhor) do que aqueles comprados em lojas especializadas, e são uma opção prática e super recomendada! Quando realizada de forma correta, a adubação das plantas em casa com este tipo de material tem tudo para deixar suas plantinhas lindas e saudáveis!

Controlando as pragas

Feita a adubação, é hora de pensar em alguns percalços que podem atrapalhar o desenvolvimento das plantas. O próximo assunto são as tão temidas pragas e como elas podem ser evitadas.

Existem alguns bichinhos, tais como lesmas, caracóis, pulgões e insetos – as chamadas pragas – que se alimentam das plantas, deixando-as sem vida. O que acontece é que elas infestam os jardins e acabam absorvendo os nutrientes e destruindo as folhas e flores. As pragas são realmente inconvenientes e acabam com a beleza de qualquer jardim!

Combater pragas

Felizmente, nem tudo está perdido, pois existe saída para este problema, bastam algumas precauções e cuidados. Cultivar uma plantação em local adequado, com adubação correta e manutenção regular, já é um bom começo para esta prevenção.

É importante ficar sempre de olho, conferindo qualquer evidência da presença de pragas – principalmente na primavera, que é o período cuja atividade natural está maior. Ainda, há a possibilidade de usar determinados inseticidas naturais, que agem de forma protetora para a planta.

Mas, fique alerta: o uso de inseticidas tóxicos não é recomendado, pois estes são extremamente prejudiciais à saúde das espécies. Utilize soluções caseiras, feitas por você mesma.

Há vários ingredientes que podem ser utilizados, dentre eles: alho, cebola, pimenta, vinagre, etc. Borrife as soluções regularmente nas mudas e acabe rapidamente com essas pragas: suas plantinhas merecem esse cuidado!

Esqueça a história de que só grandes espaços comportam belos jardins. Por menor que seja sua casa ou seu apartamento, sempre há lugar para o cultivo de especiarias.

É a dedicação e os bons cuidados que farão sua plantação ter sucesso, e não o tamanho do seu ambiente! A adubação e o controle de pragas são só algumas das etapas deste processo, por isso, não deixe de continuar acompanhando nosso blog, que está cheio de orientações para deixar seu cantinho mais vivo do que nunca! Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *