Plastprime

Época de chuvas: como garantir a permeabilidade?

No Brasil, o período de chuvas acontece no outono e inverno na região norte e nordeste, e na primavera e verão nas regiões sul e sudeste. Esse fenômeno climático geralmente traz consequências graves, principalmente no meio urbano, como alagamentos, enchentes, enxurradas e deslizamentos.

As fortes chuvas que acontecem no país são um fator climático conhecido desde a descoberta do nosso território. No entanto, as tragédias que acontecem tão comumente em decorrência delas acabam não sendo desastres naturais, ou seja, não são causadas exclusivamente pela natureza. Na grande maioria das vezes, os problemas resultantes da época de chuvas estão relacionados à ação do homem.

O planejamento urbano – ou melhor, a falta dele – é o responsável pelos problemas vividos em função das fortes chuvas. A ocupação de áreas de várzea, destruição de matas ciliares, descarte indevido de lixo e entulhos nas ruas, ocupações de áreas indevidas em encostas e a alta impermeabilização do solo são os principais fatores que contribuem para os problemas comuns da época de fortes chuvas.

Garantir a permeabilidade do solo em áreas urbanas é um fator crítico para evitar tragédias em épocas de chuva. Entenda o porquê no artigo de hoje.

Importância da permeabilidade em áreas urbanas

A urbanização e o avanço da construção civil têm como consequência o aumento da impermeabilização do solo. Isso porque, ao construir edifícios, asfaltar ruas, construir calçadas, aumenta-se as áreas impermeáveis no meio urbano.

Assim, quando chove, a água não é absorvida pelo solo. Grandes volumes de chuva escorrem para as redes pluviais, que ficam sobrecarregadas e, muitas vezes, entupidas com lixo, causando, então, enchentes e alagamentos.

Garantir a permeabilidade do solo ajuda a evitar essas tragédias e assegura, também, a penetração da água da chuva no lençol freático. Isso faz com que a água conclua o seu ciclo natural e possa recompor os aquíferos. Por isso, a longo prazo, garantir a permeabilidade é, também, evitar as crises hídricas, já sentidas em várias cidades do país.

Legislação

Buscando garantir a permeabilidade no meio urbano, as legislações municipais de cada cidade determinam uma área permeável mínima para obras de construção e reforma. Assim, não é possível obter o alvará sem um projeto que preveja um mínimo de área permeável.

Recentemente, Brasília aprovou uma legislação específica, que obriga construções em áreas de mais de 600m² a terem um sistema de coleta de água pluvial. O projeto também prevê garantir a permeabilidade de solos para evitar problemas de alagamentos.

Em nível nacional, foi instituída, em 2012 a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, considerada o principal marco regulatório no país, pois, a partir de então, a gestão de risco passou a ser considerada em planos diretores e de zoneamento. Ela estabelece que as regiões têm a responsabilidade de mapear os riscos e divide responsabilidades entre diferentes níveis do governo.

Como garantir a permeabilidade?

A forma mais fácil de garantir a permeabilidade em áreas externas é ocupá-las com jardins, gramados ou hortas. No entanto, a maioria das obras busca otimizar o uso das áreas disponíveis, e nem sempre é possível ocupá-las com espaços verdes.

A boa notícia é que existem opções de pisos inteligentes, como os da PlastPrime, que ajudam a garantir a permeabilidade de áreas externas em locais com utilidades específicas. Conheça algumas das opções:

E então, gostou das nossas dicas para garantir a permeabilidade do solo e evitar problemas na época de chuvas? Se você ficou com alguma dúvida, escreva para a gente nos comentários e até a próxima. 

Sair da versão mobile