Hortelã: como cultivar na sua casa!

Você conhece os benefícios que plantar hortelã e utilizá-la em sua rotina podem proporcionar? Essa é uma erva medicinal bastante popular por apresentar diversos benefícios para nossa saúde.

A hortelã contém antioxidantes, vitaminas A, B6, C, E e K, ácido fólico e riboflavina em sua composição. Por isso, ela tem poder antibacteriano, antifúngico e anti-inflamatório. Ela também ajuda a melhorar a digestão e a imunidade, a combater dor de cabeça, a aliviar sintomas da asma e de resfriados e a melhorar a estética da pele. 

E seus efeitos benéficos não param por aí. Ela tem efeito tranquilizante, ajudando a reduzir sintomas de estresse e ansiedade no dia a dia. 

Para usufruir dessas vantagens, é indicado consumir diariamente cerca de 50 gramas de folhas de hortelã – o que equivale a duas colheres de sopa. E a boa notícia é que esse consumo é muito fácil, já que a hortelã tem aplicações versáteis, podendo ser utilizada em chás, sucos, drinks refrescantes, água aromatizada ou como tempero. Entretanto, atente-se a eventuais contraindicações com seu médico – tais como no caso de gravidez.

É importante lembrar de que plantar hortelã em vasos, por exemplo, pode ajudar também a perfumar a casa e a proporcionar efeitos terapêuticos por meio do delicioso aroma de suas folhas.

Convencida de que plantar hortelã é uma boa ideia? Então, confira nossas dicas a seguir para cultivar essa erva aromática e de sabor refrescante!

6 dicas para plantar hortelã em casa

Saiba que a hortelã é bastante adaptável e resistente, o que proporciona um cultivo tranquilo, sem maiores exigências de cuidados. Veja algumas dicas para plantar hortelã e contar com todos os benefícios que vimos aqui!

1. Escolha um vaso adequado

Para as hortas domésticas, é recomendado plantar hortelã em vasos, a fim de restringir seu (vasto) crescimento e impedir que a erva aromática tome conta do ambiente e invada o espaço de outras plantinhas. 

É indicado também que o vaso para plantar hortelã tenha entre 30 e 40 cm de diâmetro, para que suas raízes se desenvolvam adequadamente e ela cresça forte. 

É importante que o vaso tenha furinhos no fundo ou utilize outro sistema de drenagem, já que as raízes encharcadas podem levar à morte da planta. 

2. Prefira plantar apenas hortelã no recipiente

Essa é considerada uma erva invasora, já que se espalha com facilidade, o que pode prejudicar o desenvolvimento de outras espécies, por exemplo, se for plantada em uma jardineira com mais plantas. Por isso o vaso individual é a melhor estratégia.

3. Prepare um solo adequado para cultivo

Para desenvolver-se bem, a hortelã precisa de solo fértil e rico em matéria orgânica. Desse modo, após preparar o solo, preencha o vaso com cerca de um terço de composto orgânico e insira a mudinha ali. Complete o espaço ao redor dela com terra, para ajudar na sustentação da planta. 

3. Tenha cuidados com a iluminação

A hortelã se desenvolve melhor em ambientes com incidência de luz. Portanto, posicione seu vasinho em local com exposição à luz solar.

4. Estabeleça uma rotina de regas

A hortelã precisa de solo sempre úmido. É necessário atenção pois, em dias mais quentes, pode ser preciso regar a plantinha duas vezes. Entretanto, deve-se cuidar para não encharcar o solo e prejudicar o desenvolvimento da espécie. 

5. Faça adubação

Dê preferência a um adubo orgânico. Para fazer um adubo caseiro nutritivo, basta seguir as dicas que preparamos.

A princípio, a adubação pode ser feita mensalmente ou quando houver sinais visíveis de falta de nutrientes na planta – tais como folhas amareladas e estagnação no seu desenvolvimento.

6. Aproveite a colheita!

Após pouco mais de um mês, sua hortelã já deverá pronta para ser colhida! O momento recomendado para fazer isso é quando as plantas estiverem florescendo, já que nessa fase o aroma e o sabor serão mais intensos.

Basta cortar as hastes acima do primeiro ou segundo par de folhas. A colheita de todas as hastes poderá ser feita até três vezes por ano, por até seis anos sem demandar replantio.

E então, pronta para começar a cultivar essas ervas tão benéficas, aromáticas e saborosas em sua horta caseira? Conhece alguma outra aplicação da hortelã que não falamos aqui? Deixe sua mensagem nos comentários e, para ver algumas opções de vasos para suas hortelãs, visite a loja virtual da PlastPrime!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *