Mitos e verdades sobre o plástico e a sustentabilidade

Não é de hoje que os mitos e verdades sobre o plástico precisam ser discutidos. Os plásticos estão presentes na sua vida de diferentes formas: em embalagens que acondicionam os alimentos, em partes do carro, utensílios domésticos e até mesmo nos móveis de casa.

O aumento da consciência ambiental tem feito com que muitas pessoas prestem atenção e reduzam o consumo do material, principalmente os descartáveis. Todavia, em alguns casos, o plástico é tido como o vilão da história de maneira indevida.

Para que você possa entender melhor o impacto do plástico no meio ambiente, preparamos uma lista com mitos e verdades sobre o plástico e a sustentabilidade. Acompanhe.

Plásticos são materiais tóxicos – Mito!

Uma das verdades sobre o plástico é que ele é um material completamente seguro em termos de saúde dentro das condições de uso estabelecidas pelo fabricante. Nenhuma regulamentação de material é tão exigente quanto para os plásticos.

As legislações vigentes no Brasil, América do Sul, União Europeia e Estados Unidos preveem que os produtos plásticos não podem liberar substâncias indesejáveis em suas condições previstas de uso. Por isso, dizer que o plástico é um material tóxico para a saúde é um mito.

Materiais plásticos ajudam a salvar vidas – Verdade!

Uma das verdades sobre os plásticos é que eles são os materiais que mais contribuíram para o progresso da humanidade nos últimos 100 anos. Muitos dos avanços da medicina moderna não seriam alcançáveis sem aplicações específicas de materiais plásticos nessa área.

Plásticos são materiais de ciclo de vida curto – Mito!

Cerca de 60% das aplicações de materiais plásticos são em materiais de longa vida útil. Ou seja, embora o plástico seja utilizado em diversos tipos de materiais descartáveis, o fato de que ele também pode ser usado em produtos que duram muito tempo está entre as verdades sobre o plástico. É o caso de produtos como o Paver Plástico, e o Piso Modular Esportivo da PlastPrime, por exemplo.

É preciso acabar com os plásticos descartáveis – Mito!

Existem diversas aplicações, principalmente na área médica e farmacêutica, em que é preciso trabalhar com plásticos de uso único (descartáveis) por questões de higiene e preservação de produtos.

Entre as verdades sobre o plástico, está o fato de que é impossível acabar com o uso descartável. Em muitos casos, eles representam a segurança do que estamos consumindo.

Por outro lado, a redução do uso de copos e talheres descartáveis, assim como também os canudinhos, é um ponto importantíssimo em termos de redução do volume de lixo produzido.

Materiais plásticos gastam recursos naturais e energia em excesso em sua fabricação – Mito!

Apenas algo entre 4 e 6% do petróleo extraído na Europa é usado na produção de plásticos. Além disso, a fabricação de plásticos usa relativamente pouca energia em seu processo produtivo.

Uma das grandes verdades sobre o plástico é que a energia despendida em sua fabricação é facilmente compensada pela economia nesse quesito em sua fase de uso. Assim, o plástico é o herói e não o bandido em termos de economia de recursos naturais críticos!

Plásticos são os grandes responsáveis pela poluição dos oceanos – Verdade!

Infelizmente, a falta de consciência e o uso excessivo e desnecessário de plásticos descartáveis tem uma grande parcela na poluição dos oceanos, contribuindo para tragédias ambientais, como a Ilha de Lixo do Pacífico Norte, por exemplo.

A solução para que questões como essa possam ser revertidas devem ser baseadas no aumento da conscientização da população, que deve colaborar para destinar o lixo de maneira adequada, reduzir o consumo supérfluo de plásticos e contribuir para a reciclagem destes.

Incentivar a indústria de produtos reciclados também é uma forma de contribuir: a PlastPrime utiliza em seus processos produtivos matéria prima reciclada, que é transformada em pisos de ótima qualidade.

Agora que você já entendeu melhor alguns mitos e verdades sobre o plástico, fica mais claro que nem sempre ele é o culpado da história. Em muitos casos, os problemas ambientais e sociais são uma consequência da falta de políticas públicas e, também, de consciência ambiental da população.

Gostou de aprender sobre os mitos e verdades sobre o plástico? Conte para a gente nos comentários qual dos mitos apresentados você achou mais curioso e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *