fbpx

Passo a passo: como fazer adubo caseiro!

adubo caseiro é uma excelente alternativa para quem deseja ter uma horta sempre bonita e saudável, livre de agrotóxicos e outros químicos. E o melhor, esse tipo de adubo pode ser feito com o resto de matéria orgânica que você tem em casa. 

Mas você sabe como e a partir do que esses adubos podem ser produzidos? O que você deve usar para deixá-los ainda melhores? Confira, neste artigo, um passo a passo de como fazer adubos em sua própria casa. Você vai ver que é mais fácil do que poderia imaginar!

1. Escolha a matéria orgânica para seu adubo

O primeiro passo para a produção do adubo caseiro é identificar o que você tem em casa que pode ser aproveitado para esse fim. Para esses compostos, é muito comum que sejam utilizadas cascas de ovo, cascas de frutas (especialmente da banana), cascas de vegetais, borra de café, farelos de madeira, restos de plantas e até mesmo aquele leite que já está mais velho.

Todos esses recursos são ricos em nutrientes, capazes de deixar o solo fértil e saudável para o bom desenvolvimento das espécies.

2. Prepare a matéria orgânica

Muitas matérias orgânicas precisam ser “preparadas” para que forneçam melhor desempenho na adubação das plantas. Por isso, essa etapa pode fazer toda a diferença para bons resultados!

Aqui você deve ter atenção especial às cascas (de fruta, ovos e legumes) que precisam ser picadas ou trituradas. A borra de café não pode ser usada logo após o preparo da bebida e precisa esfriar um pouco. Enquanto isso, o leite pode ser diluído em água.

3. Organize o local de produção

Para a produção do adubo orgânico, é recomendado que haja um local adequado destinado a isso. Ou seja, um espaço ou recipiente para que você possa fazer as misturas e deixar o composto “descansar”.

Para esse fim, você pode utilizar um espaço de terra ou alguns vasinhos – como os da PlastPrime, por exemplo!. Ainda que muitos desses adubos possam ser colocados diretamente no solo (junto às espécies), organizar esse preparo ajuda na qualidade do composto.

4. Prepare o composto

Preparar o composto é bem fácil e vai exigir que você misture todos os “ingredientes” nesse local escolhido. Quanto mais matéria orgânica fornecer, maior será a quantidade e a qualidade de adubo caseiro produzido.

E para que esse atinja seu máximo, ele precisa ficar um tempo em repouso (mais ou menos 20 dias). Assim que ele apresentar aspecto e cheiro de terra, estará pronto para utilização.

5. Aplique o adubo caseiro

Depois da mistura pronta, é hora de colocar o adubo caseiro em utilização. E, para isso, não há nenhum mistério: basta misturar um pouco do composto junto à terra do plantio – garantindo a fertilidade do solo e o bom desenvolvimento das espécies ali cultivadas.

Esse tipo adubo deve ser aplicado a cada dois meses, em média, e pode oferecer excelentes condições de desenvolvimento às plantas. Lembrando de que o adubo caseiro é tão eficiente quanto os disponíveis no mercado, tendo como benefício a não utilização de químicos – o que, consequentemente, não oferece risco à saúde das plantas e dos consumidores finais dos produtos orgânicos.

Como vimos, o preparo do adubo caseiro pode fazer toda a diferença para o bom desenvolvimento de sua horta. Sendo assim, deve ser uma prática a ser incluída na sua rotina de cuidados com as plantas. Use essa técnica e garanta que suas espécies crescerão fortes e saudáveis – livres de agrotóxicos e outros produtos químicos prejudiciais à saúde!

E você viu que não há nenhum mistério: com o que tem em casa, é possível criar um adubo orgânico de qualidade para sua horta!

E então, pronta para colocar essas dicas em prática? Você já tem alguma experiência fazendo adubos caseiros? Contribua, deixe sua mensagem nos comentários.

4 thoughts on “Passo a passo: como fazer adubo caseiro!

  1. Pingback: Plantas para ambiente de trabalho! - Blog Plastprime

  2. Pingback: 10 dicas imperdíveis para sua horta! - Blog Plastprime

  3. Pingback: Passo a passo: cultivo de temperos em vasos - Blog Plastprime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *