fbpx

Passo a passo: cultivo de temperos em vasos

Você já pensou em cultivar seus próprios temperos em vasos? Saiba que essa ideia está super em alta! Além de os vasinhos ajudarem a dar um toque único à decoração, os temperos perfumam o ambiente e podem ser a base de uma alimentação orgânica mais saudável para você e sua família.

Já imaginou? Enquanto prepara suas refeições, ter ao alcance das mãos especiarias repletas de nutrientes e benefícios, livres de substâncias químicas e sem sabor alterado por agrotóxicos?

Torne isso realidade, começando sua hortinha caseira de temperos em vasos aplicando nossas dicas a seguir!

Alguns cuidados gerais para o cultivo de temperos em vasos

Tanto para quem tem bastante ou pouco espaço, é possível, sim, cultivar temperos em vasos, optando pelos modelos certos e tomando alguns cuidados, como:

  • Tamanho do vaso: é importante escolher de acordo com o potencial de crescimento de cada espécie. Como regra geral, recomenda-se que o cultivo de temperos em vasos seja feito em recipientes de, no mínimo, 20 cm de altura.
  • Tipo de vaso: há diversos modelos para sua hortinha de temperos! Há vaso individual, compartilhado (estilo jardineira), empilhável, entre tantos outros. Escolha um modelo adequado aos seus temperos e que gere uma composição bacana para sua decoração. Dê preferência a modelos com proteção antimicrobiana, para preservar ainda mais sua hortinha.
  • Adubo: dê preferência aos orgânicos. Já que a ideia é que você utilize os temperos para consumo, evite produtos químicos e adote uma plantação 100% orgânica em todos os detalhes.
  • Luz solar: boa parte das espécies precisa de, ao menos, quatro horas diárias de exposição solar. Então, dê preferência a colocar seus temperos em vasos em locais que peguem ao menos luz solar indireta.
  • Pragas: os temperos em vasos podem ser alvos de pragas. Então, monitore-os com frequência e, se necessário, utilize inseticidas naturais para evitar qualquer contaminação de sua hortinha de temperos.
  • Drenagem: para manter a saúde de sua hortinha, é muito importante ter cuidado para não regar demais e acumular água nos vasinhos. Há alguns modelos, como os da PlastPrime, que já são projetados para facilitar a rega, por contarem com um reservatório de água. Colocar pedrinhos no fundo do vaso, também ajuda nessa função.

5 exemplos de temperos para cultivar em vasos

Entre as opções mais práticas de cultivo, estão:

1. Salsinha

Um dos temperos em vasos mais apreciados e versáteis: sim, estamos falando da salsinha! Ela pode ser utilizada em sopas, saladas, carnes, suflês, omeletes e tantos outros pratos. 

Quanto ao seu cultivo, coloque o vasinho em local de sombra parcial, pois esse tempero não se desenvolve bem sob altas temperaturas. A rega deve ser frequente, deixando o solo sempre úmido.

Entre 60 e 90 dias depois do plantio, você já poderá fazer a colheita das folhas para dar um gostinho todo especial às suas refeições!

2. Cebolinha

A cebolinha não poderia faltar aqui! Além de compor uma dupla dinâmica imbatível com a salsinha, de modo separado ela também é um sucesso para temperar saladas, sopas, molhos, carnes, pratos com ovos, entre tantas outras delícias.

Para desenvolver-se bem, a cebolinha precisa receber luz solar direta, no mínimo, por algumas horas no dia. Seu solo deve ser bem drenado e rico em matéria orgânica, não devendo nunca ficar encharcado.

Você poderá fazer a colheita entre 75 e 120 dias após o plantio, tendo o cuidado de colher as folhas por inteiro – junto à base, e não pela metade. 

3. Manjericão

O manjericão adiciona um sabor e um aroma todo especial aos pratos, não é mesmo? Esse tempero costumeiramente é utilizado para o preparo de molhos, omeletes, carnes vermelhas e peixes.

Na hora de plantar esses temperos em vasos, tenha em mente que essa espécie pode atingir até 60 centímetros de altura, então é preciso optar por um vaso que comporte esse desenvolvimento.

Ainda, ele precisa de sol, então tenha cuidado para expô-lo ao menos algumas horas por dia. Quanto à rega, também deve ser diária, com cuidado para não encharcar o solo.  A colheita das perfumadas folhinhas pode ser feita entre 60 a 90 dias após seu plantio.

4. Alecrim

Especiaria bastante utilizada para temperar carnes e legumes. E a boa notícia é que é bem fácil cultivá-la! Para plantar esses temperos em vasos, dê preferência a um modelo redondo e com profundidade entre 30 a 40 centímetros. 

O alecrim precisa de sol para se desenvolver, então, coloque seu vasinho onde haja incidência de luz natural. O tempero poderá ser  colhido cerca de 90 dias depois de ter sido plantado.

5. Louro

Aquele feijão caseiro temperado com louro – não há sabor igual, não é mesmo? Ainda mais quando você mesma pode colher esse tempero do pé!

Para cultivá-lo, certifique-se de que o solo esteja bem drenado e rico em matéria orgânica. O louro desenvolve-se melhor à meia sombra, mas em locais com boa claridade. Opte por um vaso maior, esse tempero desenvolve-se lentamente, mas pode chegar a medir até 18 metros de altura. 

A rega pode ocorrer a cada dois dias ou sempre que o solo deixar de ficar úmido. Os raminhos com folhas poderão ser colhidos a partir de 12 meses de seu plantio.

E então, pronta para iniciar o cultivo de temperos em vasos? Quais especiarias você gostaria de ter em sua horta caseira? Conte pra gente pelos comentários!

  1. Pingback: Dicas para reaproveitar cascas de frutas e legumes! - Blog Plastprime

  2. Pingback: Varandas/sacadas: decoração para esses espaços! - Blog Plastprime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *