Plantas dentro de casa: mais vida

Quem vive em apartamento, muitas vezes se sente limitado na hora de decorar a casa com plantas – ainda mais quando o imóvel não tem sacada, ou tem pouca iluminação. Mas esse não é um problema: é possível deixar a casa mais alegre com plantas e flores que precisam de pouca manutenção e luminosidade.

 

Consultor de jardinagem e professor da Escola Waldorf Turmalina, da Facop (Fundação de Asseio e Conservação do Paraná), Ademar da Silva Brasileiro, o “Mago Jardineiro”, explica que a principal limitação é, de fato, a falta de luz. Porém, se o apartamento é bem iluminado, com uma insolação considerável, essa dificuldade é minimizada. “Nesses casos, quase todas as plantas podem ser cultivadas”, ressalta.

 

Ele indicou cinco opções que se adaptam bem a ambientes internos, com pouca luz. Confira:

 

  • Orquídeas:podem ficar na sombra durante o período de cultivo. Para florescerem, o ideal é que peguem um pouco de sol. Por isso, nesta fase, procure deixar ela próxima de uma região do apartamento que tenha luminosidade. Segundo Ademar, a espécie oncidium, comum nas matas, floresce inclusive na sombra.
  • Bromélias:de fácil cultivo, as bromélias também resistem bem em ambientes pouco iluminados. “Só não esqueça de perguntar, na hora de comprar, se a espécie é de sol ou de sombra”, ressalta o consultor. Recentemente, começou a se questionar se a flor seria um perigo para propagação do Aedes aegipty, já que ela tem uma espécie de “reservatório” para a água. No entanto, não há perigo, porque essa água é protegida pelas próprias folhas e se transforma em uma espécie de ecossistema próprio.
  • Musáceas:todas as plantas desse tipo também não precisam de muito sol, de acordo com Ademar. Da família das bananeiras, são ervas perenes de grande porte. As folhas largas trazem um efeito decorativo interessante ao ambiente.
  • Jiboia:uma das espécies mais indicadas para locais com pouco vento e iluminação. A jiboia pode ser mantida em vasos, já que é uma das únicas espécies de trepadeira que podem ficar dento de casa. Mas, quando plantadas diretamente no solo em projetos de paisagismo, assumem a sua característica natural, de “tomar” o espaço.
  • Gengibre:famoso pelas suas propriedades medicinais e também como auxiliar para pessoas que desejam perder peso (um dos seus benefícios é a aceleração do metabolismo), o gengibre pode ser plantado dentro de casa com facilidade, pois ele não necessita de sol: aliás, escolha um cômodo da casa com pouca luminosidade para deixá-lo. Só prefira o verão para cultivar: ele gosta de calor e umidade.

De maneira geral, Ademar fala que todas essas espécies devem ser mantidas com o solo úmido. “Nunca deixe a terra seca, assim como é prejudicial encharcar demais a planta. Sempre é necessário ter uma parte de terra, uma de água e outra de ar para que ela se desenvolva”, frisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *