Como replantar vasos e retirar mudas das plantas

As plantas, realmente, trazem muita alegria e significado aos nossos ambientes, não é mesmo? Sendo assim, elas precisam ser mantidas sempre bonitas e cheias de saúde, e, para isso, exigem um pouco de cuidado e muito carinho.

Chega o momento em que precisamos replantar vasos e retirar mudas das plantas para que elas continuem a se desenvolver – certas vezes, ainda melhores.

Pensando nisso, no post de hoje, vamos ajudá-la trazendo dicas de como replantar vasos e retirar mudas das plantas. Acompanhe!

Por que replantar vasos?

O replante (também conhecido como transplante) deve ser feito para melhorar as condições de vida das suas plantinhas. Isso pode ser necessário em função do esgotamento de nutrientes, pela falta de espaço ou substrato com ação saturada.

É possível pensar, também, no replante da muda de uma planta adulta, e, neste caso, o principal objetivo é produzir uma nova planta.

Replantar vasos

Quando replantar vasos?

O momento de replantar é aquele em que a planta se mostrar saturada no local onde está Isso pode ser percebido através do aparecimento das raízes na superfície do vaso ou quando este começa a apresentar rachaduras.

O replante também deve ser feito quando se compra ou ganha mudas em pequenos vasinhos, já que, nesse recipiente, não poderão sobreviver por muito tempo.

Pra o replante de uma muda, o momento ideal é quando a planta já está adulta e farta.

Onde replantar?

Antes de começar o replante, é preciso pensar no local de destino da muda. Escolha um bom lugar, que supra todas as necessidades da sua planta. Seja ele um outro vaso ou seu próprio jardim, o ambiente deve estar sob boa luminosidade, baixa incidência de vento e apresentar solo fértil.

Replantando vasos

Como replantar vasos?

Primeiro passo: condições da planta

Antes de começar a replantar vasos, avalie sua planta para verificar se ela está em condições de ser replantada. Ela deve apresentar bom desenvolvimento e estar com a saúde necessária.

Ainda que esta seja uma ação que a beneficiará, pode causar alguns desgastes, então, se estiver fragilizada, o replante pode destruí-la por completo.

Para replantar uma muda, preste atenção na planta de origem e qual parte dela poderá ser extraída, sem prejuízos ao seu desenvolvimento.

Segundo passo: preparação para replantar vasos

No dia anterior ao replante, dê uma regada caprichada na planta. Isso facilitará sua remoção do vaso. Ainda, separe todos os materiais necessários: vaso, pá, cascalhos, substrato. No caso do local de destino ser um vaso de barro, deixe-o submerso na água por algumas horas – isso evitará que ele absorva a umidade da terra.

Replantar vasos

Terceiro passo: ação

É hora de colocar a mão na massa. Retire todo o substrato velho das raízes das plantas e corte aquelas que estiverem mortas (as de cor mais escura). Não se assuste caso algumas destas raízes quebrem sozinhas, pois isto é normal.

Para replantar apenas uma muda, retire o pedaço que deverá sem plantado em outro local. Isso precisa ser feito com muito cuidado, para não comprometer a planta por completo.

Para garantir a drenagem, forre 1/3 do vaso ou a primeira camada do seu jardim com argila, cascalho ou britas. Após, acomode a planta e preencha o resto do espaço com o substrato. Por fim, regue-a e acomode a terra. Se você desejar, ainda pode finalizar com algumas pedrinhas ou pequenos pedaços de tronco para ornamentar.

Quarto passo: manutenção

Não pense que o trabalho termina por aqui! Após o replantio, é necessário manter alguns cuidados especiais. Na primeira semana, o ideal é que o vaso ou a parte do jardim fique em um local mais à sombra, e que a rega seja feita de forma pulverizada, somente à noite.

No caso do jardim, por exemplo, você pode usar de artefatos para promover maior sombra. Passado este momento inicial, a regra simples é manter o substrato sempre úmido e não esquecer de fazer as adubações.

Mas é importante lembrar que cada planta terá uma necessidade diferente, ocasionando um cuidado distinto, por isso, vale, também, pesquisar sobre a espécie em questão!

E então, tirou todas suas dúvidas sobre como replantar vasos e retirar mudas das plantas? Caso precise de alguma outra informação ou queira compartilhar a sua experiência com replantios, deixe sua mensagem nos comentários. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

QUER SABER COMO TER UMA HORTA CASEIRA DE SUCESSO?