Samambaias em casa: conheça mais sobre essa espécie tão resistente

As samambaias já são velhas conhecidas e podem ser consideradas como uma espécie de cultivo bastante inteligente. Isso porque elas são práticas, bonitas e muito resistentes para a decoração de interiores. Garantem harmonia ao espaço e ainda não exigem muitos cuidados de manutenção – tudo o que você precisa para dentro da sua casa! Então, quer saber um pouco mais sobre essa variedade? E como melhor aproveitá-la no seu contexto? Fique de olho no post a seguir e confira!>

1. As samambaias

Uma das plantas mais antigas, a samambaia, é uma variedade muito característica – é bastante resistente, não produz sementes nem flores e a sua reprodução se dá por meio de esporos. Esta, que pertence ao grupo das pteridófitas, apresenta folhas de aspecto alongado e pontiagudo (assemelham-se a penas), tem tamanho diretamente relacionado à espécie em questão e apresenta condições de crescimento diferentes: incluindo vasos, solo e tronco das árvores.

Existem diferentes segmentos de samambaia – contabiliza-se uma média 12 mil espécies diferentes no mundo –, cada uma com uma particularidade específica, mas todas com modos de vida bastante semelhantes.

2. Como plantar?

O plantio da samambaia em ambientes internos não tem nenhum mistério e é feito a partir de mudas. Estas devem ser postas diretamente no solo ou em vasos – conforme preferência. Se a segunda opção for a escolhida, é preciso lembrar de drenar bem o recipiente. Antes de iniciar o plantio será preciso preparar o solo: que deve estar fértil, rico em matéria orgânica e levemente úmido. O local adotado deve ser, preferencialmente, de incidência de luz solar indireta – já que o sol excessivo pode acabar queimando as folhas. Para melhor adaptação, é preciso introduzir a muda no local e deixa-la bem firme coberta de terra.

3. Quais são os cuidados de manutenção?

Os cuidados de manutenção para o cultivo de samambaias em interiores são muito básicos. Estas espécies precisam, apenas, de rega frequente (para que o solo se mantenha sempre úmido), adubação e fertilização orgânicas, poda regular e controle de pragas (sempre à base de produtos não tóxicos). As samambaias são muito resistentes e é fácil garantir a sua saúde: basta um pouquinho de atenção e muito amor por elas!

4. Como trabalhar a ornamentação?

A samambaia tem atuação muito importante na ornamentação de ambientes, por isso, uma escolha bem inteligente para interiores de casas, apartamentos e escritórios. Para estes espaços a dica é sempre buscar a harmonia entre a espécie escolhida com o tipo de espaço que se deseja criar. Beleza e bem-estar são as palavras de ordem!
Para garantir o bom aproveitamento, a dica é utilizar variedades de menor porte e praticar a poda constante. Ainda, escolher vasos e/ou outros suportes que valorizem a planta em sua totalidade – o vaso não pode chamar mais atenção do que a própria samambaia, certo? Escolha opções sofisticadas e conceitue o ambiente.

E não esqueça: para que elas possam mesmo protagonizar a cena nos seus espaços, a escolha de um ambiente apropriado é fundamental. Não as deixe escondidas, mas sim em local de fácil acesso e visibilidade. Prefira incluí-las em onde há maior amplitude, em altura alinhada ao olhar e que possua melhor iluminação. Assim, ela chamará a atenção de todos os que por ali passarem!

Você percebeu como as samambaias são uma ótima aposta para os projetos de interiores? Além de serem plantas muitos exóticas e bonitas, apresentam a facilidade de serem resistentes e exigirem poucos cuidados de manutenção. Escolha a sua variedade preferida e idealize o espaço para sua colocação. Com certeza, ele ficará mais bacana do que nunca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *