Um jardim comestível

Já pensou em ter um jardim comestível? Isso mesmo, ter um jardim com plantas que podem fazer parte de nossas refeições? Pois então busque se informar sobre as Pancs, as Plantas Alimentícias Não Convencionais, que eram muito utilizadas por nossos avós e tios, mas que deixaram de ser colocadas à mesa após a massificação da indústria alimentícia com um número mais restrito de produtos.

 

Com vários especialistas estudando essas plantas, elas estão voltando aos poucos, o que é uma boa notícia para o meio ambiente – pois elas crescem como “mato” e não necessitam de agrotóxicos para se desenvolverem – e para o bolso, pois podem substituir alguns itens nas sacolas do supermercado e da feira.

 

Por se tratarem em sua maioria de folhagens, o preparo pode ser como salada (servidas cruas) ou refogadas. Alguns exemplos mais comuns de Pancs são: o mentruz, conhecida popularmente como erva-de-santa-maria; a serralha, uma das mais conhecidas, parente do alface e do almeirão; o dente-de-leão, aquelas flores amarelas encontradas no quintal de casa; a chicória-do-pará, também conhecida como coentro-bravo; e o ora-pro-nobis, também conhecido como abrobó e orabrobó; só pra ficar em algumas mais conhecidas.

 

O uso de algumas destas plantas era muito difundido devido às suas propriedades medicinais (digestivas, calmantes) além de serem bastante nutritivas, pois as folhas verdes são ricas em cálcio, potássio, vitamina C e vitaminas do complexo B.

 

Mas como podemos saber quais são próprias para consumo, visto que há muitas plantas venenosas por aí? Em primeiro lugar, consulte alguém mais velho da família. Normalmente nossos avós, tios e vizinhos mais antigos têm esse conhecimento. Em segundo, pesquise. Há muita gente falando sobre o tema, inclusive a chef Paola Carosella, do programa Masterchef Brasil, que é uma defensora do resgate desse conhecimento alimentar.

 

Se quiser cair de cabeça no assunto, procure saber mais na internet. Há inclusive um ótimo catálogo feito por um grande especialista brasileiro no assunto: https://goo.gl/pbg9um. Aí é só começar a procurar, afinal, as Pancs estão por toda a parte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *