fbpx

5 plantas para ter em uma horta dentro de casa

Não há nada mais gostoso do que o aroma de ervas frescas saídas da própria horta. Elas deixam a comida mais saborosa, valorizam todas as receitas, servem de ornamentos para pratos e sobremesas e transformam a rotina da casa, sempre para melhor, por cuidar de plantas sempre traz benefícios.

Porém, nem todo lar tem uma área externa para que uma horta seja plantada com espaço de sobra, e muitas pessoas acabam desistindo, apelando para os temperos supostamente frescos ou secos dos mercados. Se você tem vontade de cultivar sua própria horta, saiba que é possível fazer isso dentro de casa também.

Faça a sua própria horta dentro de casa: veja 5 plantas para começar

Aqui, você vai encontrar algumas dicas de como cuidar de sua horta, além de 5 plantas para começar a cultivá-la com o pé direito.

1. Tomate cereja

O tomate cereja é o fruto perfeito para cultivar em pequenos espaços, pois suas mudas tendem a crescer de forma comedida, e depois de certo tempo os frutos começam a surgir, desde que a planta esteja bem cuidada, com raízes fortes cujo espaço no vaso seja de pelo menos 10 cm.

O tomate gosta de sol e sua rega precisa ocorrer, em tempos quentes, todos os dias, para que as raízes sintam-se estimuladas a realizar a fotossíntese completando o ciclo entre suas folhas. Como gosta de sol, é bem provável que os primeiros frutos surjam após o verão seguido de seu plantio, se a planta se sentir forte o suficiente.

2. Alface

Alface é uma excelente ferramenta culinária, pois deixa saladas mais leves, e é muito fácil de plantar. Porém, é necessário ter paciência para que suas folhas se desenvolvam, sobretudo porque a colheita, em uma horta dentro de casa, será pequena se comparada ao tempo que demora para a próxima leva.

Ainda assim, a verdura é uma excelente forma de ganhar prática com o plantio, pois gosta de ser regada constantemente no calor, e o frio faz com que se recolha em seu crescimento, pois demora mais a acontecer.

3. Alecrim

Alecrim é o tipo de planta que, quando cria boas raízes, praticamente não demanda de nenhum cuidado. Ou melhor, de quase nenhum. Isso acontece porque esta é uma espécie de planta que demanda de muita luz solar, e poucas regas semanais – duas ou três vezes, no máximo. Além disso, seu tamanho será o correspondente ao espaço permitido, então, caso o vaso seja pequeno, você terá um pequeno pé de alecrim, e assim em diante.

A erva é perfeita para temperar ensopados de carnes, peixes assados e até mesmo bolos secos, como o de fubá ou de milho, e combina com um espaço cuja incidência solar seja constante.

4. Hortelã

Plantar hortelã é uma mão na roda: a erva serve para pratos doces e salgados, além de chás e até mesmo banhos terapêuticos. Isso faz da hortelã uma rainha de sua horta e, como tal, demanda de alguns cuidados, pois é mesmo muito poderosa, mas não gosta de estar exposta ao sol o tempo inteiro, e necessita de regas mais generosas no verão.

5. Cebolinha

O quinto item desta deliciosa lista é a cebolinha, perfeita para saladas, molhos e temperos, seja ela picada ou macetada para se juntar a outros aromas, como o do alho, da salsinha e do azeite. A cebolinha gosta de crescer debaixo do sol, e não exigirá muito de você, a não ser atenção para podá-la de tempos em tempos, pois, caso contrário, ela chegará ao seu tamanho máximo e morrerá, e a poda dá forças para que continue crescendo continuamente.

Prepare os vasos e inicie uma rotina de cuidados

Escolha o melhor tipo de vaso para o seu lar: se preferir os modelos plásticos, pode inseri-los em um suporte específico, ou diretamente na parede, pregados, para que fiquem em um lugar acessível o tempo inteiro. Porém, se preferir à moda antiga, de barro, escolha um local seguro, para as plantas e para você.

Certifique-se de que a base dos vasos tenha vazão para escoamento de água, e que tenha colocado a manta como base, com alguns calcários ou argila, e terra adubada (recomendável) logo em cima. As plantas precisam de algumas semanas para sentirem-se confortáveis e fincar suas raízes, então, deixe o tempo favorecê-las com o sol e a água que cada uma delas demanda.

Feito isso, você terá sua horta dentro de casa com sucesso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.