fbpx

Qual o melhor piso para revestimento de stands?

Escolher o melhor tipo de piso para revestimento de stands é tarefa complexa: é preciso avaliar qual será o tipo de evento, se será interno ou externo, qual é a densidade de peso sobre sua estrutura, como a beleza impactará no resultado de produtos ou serviços e, principalmente, qual é a relação entre o custo e o benefício dessa escolha.

Para isso, cada item avaliado faz completa diferença, pois, de acordo com as escolhas, é possível, também, transitar entre variados tipos de decoração, complementando os espaços de forma otimizada e com bom gosto – ou simplesmente disponibilizando objetos da melhor forma possível.

Antes você precisa saber disso

Conseguir escolher o melhor piso para revestimento de stands precisa passar por esses três preceitos:

– Manutenção e durabilidade do material a longo prazo, para evitar reinvestimentos desnecessários;

– Qual é a resistência do material para as intempéries?

– O tipo de piso escolhido é seguro e acessível a todos?

Por isso, preparamos um comparativo completo, com os melhores tipos de pisos disponíveis no mercado para o revestimento de stands. Veja qual é a melhor opção para você e para o tipo de stand que precisa revestir.

Pisos emborrachados

Os pisos emborrachados são excelentes formas de manter a acessibilidade e segurança das multidões que passam por stands. São resistentes e demonstram facilidade na hora da montagem, agilizando os processos de encaixe, o que é perfeito para o planejamento apertado de eventos. Antiderrapantes, são ótimos para a condução de cargas dos mais variados tipos, mas sofrem com o desgaste fácil, tanto pelo uso quanto por choques, como quedas de materiais pesados. Além disso, são difíceis de serem higienizados, o que atrapalha o contraponto do cronograma de um stand – isso faz deste tipo de piso muito mais indicado a ambientes internos (indoor).

Grama sintética

Apesar de ser bastante específica, a grama sintética pode ser utilizada em diversos tipos de stands, desde os obviamente voltados a eventos esportivos, até a exibição de maquinários de campo e afins. Porém, ainda que ofereça características bem específicas, ela é facilmente danificada, o que é indicado apenas para certas áreas do stand, e não para ele por inteiro.

Madeira

Pisos em madeira são completamente versáteis, pois podem ir dos gostos mais rústicos aos mais clássicos, de acordo com o acabamento aplicado, do formato de seus desenhos, dos encaixes realizados e, também, da aplicação de resinas. Além disso, é uma ótima pedida para dar sustentabilidade a diferentes tipos de pesos, mas a sua base deverá ser reforçada, para não sobrecarregar o material.

Grande parte dos stands que utilizam madeira optam pelo formato de deck, que condiz com elementos mais elegantes, e aguentam boa carga de peso. Porém, a madeira sofre por não ser tão resistente a batidas e umidade, o que a faz ser direcionada a eventos internos.

Piso de polipropileno

O polipropileno é um plástico altamente resistente, o que é perfeito para o ir e vir de verdadeiras multidões em stands disponibilizados nos mais diversos tipos de eventos. Além disso, por ser feito de um tipo de plástico, é muito fácil de ser limpo, além de agir contra agentes biológicos.

Neste caso, o modelo oferecido pela Plastprime é ainda mais simples de ser usado, pois é modular, o que faz com que a sua instalação e desinstalação sejam fáceis, rápidas e sem grandes dores de cabeça.

Revestimento modular plástico

Outro modelo oferecido pela Plastprime é o revestimento modular plástico, o qual pode ser encaixado também nos mais diversos tipos de estandes porque a sua qualidade permite que aguente impactos de 6 toneladas, e são oferecidos em duas versões: indoor e outdoor, ou seja, é possível escolher para qual tipo de stand, e de evento, que esta opção se encaixa melhor.

Qual é a melhor opção?

Pela praticidade, pensar em um revestimento modular plástico ou até mesmo o piso de polipropileno é a melhor escolha para revestimento de stands, pois ambos contam com excelente relação entre custo e benefício, são ótimos para sobrecargas altas, e fazem com que a execução e a apresentação de produtos e serviços não sofram qualquer alteração por problemas técnicos.

Neste comparativo, as duas opções da Plastprime venceu por conseguirem unir muito mais prós do que contras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.