Melhores plantas para jardim vertical

jardim vertical é, mesmo, o maior sucesso nos projetos paisagísticos atuais e representa uma tendência sem prazo de validade. Além de ser moderno e de apresentar design diferenciado, ele supre as necessidades práticas de cuidado e de manutenção das plantas. Sim, eles são uma alternativa para quem busca funcionalidade, mas não abre mão da beleza e harmonia dos jardins tradicionais.

Mas, então, quais são as melhores plantas para esses espaços? Quais são as que melhor se adaptam a essa alternativa?  Neste artigo, tire suas dúvidas sobre as espécies mais indicadas para plantio nos módulos para jardim vertical!

6 plantas para cultivo em jardim vertical

1. Samambaia

A samambaia é a queridinha dos jardins verticais, o que se deve especialmente ao seu caráter leve e robusto. De cor verde clara e formato pontiagudo, as folhas são formosas e dão um charme a mais para a composição do espaço.

As samambaias são de fácil manutenção – outro motivo para a sua adoção no jardim vertical -, já que são resistentes e se desenvolvem rapidamente. Sobrevivem melhor à meia sombra e com rega regular, e o principal cuidado de manutenção é a pulverização de fertilizantes à base de nitrogênio.

2. Rosário

O rosário é uma planta exótica e curiosa, já que tem um formato bastante diferente. Como o próprio nome diz, se assemelha a um rosário, de finos e longos galhos e com pequenas sementes que podem ser comparadas a ervilhas.

Ela faz parte do grupo das chamadas “plantas suspensas” e deixa qualquer jardim vertical suspenso mais charmoso. Essa espécie prefere clima mais ameno, mas resiste também a temperaturas mais elevadas. Para que se mantenha sempre bela e vistosa, indica-se a poda e adubação regular.

3. Aspargo-pluma

Se tem uma planta que é sinônimo de charme, essa é a aspargo-pluma. Com delicadeza e simplicidade, garante uma composição harmônica no jardim vertical.

Os arbustos compostos por folhas verdes claras pontiagudas e pequenas flores de cor branca trabalham fortes conceitos de ornamentação. Para o seu cultivo, o solo deve ser fértil, úmido e contar com regas diárias.

4. Liríope

A liríope é uma folhagem verde escura, repleta de folhas longas e estreitas. É percebida em forma de arbusto e tem como principal característica a textura densa e formosa. A liríope é bastante utilizada na combinação junto a outras espécies, a fim de gerar um bom acabamento ao jardim.

Vale ressaltar que, quando em boas condições de desenvolvimento, tende a desabrochar flores de cor lilás. É uma variedade que gosta de luz solar, especialmente direta, e suporta bem o calor e a umidade excessiva. Como ponto de atenção, indica-se o investimento na poda – que fortalece as folhas e incentiva o crescimento.

5. Tilândsia

A tilândsia é uma espécie de bromélia, muito indicada para plantio nos famosos jardins verticais. Essas plantas são bastante resistentes, pois se adaptam facilmente a diferentes habitats.

Essa planta se destaca pelas formosas flores, de cor avermelhada e aspecto exótico – garantindo todo o charme necessário ao espaço. Contrasta muito bem com folhagens e, ainda, traz um perfume singular. Para mantê-la sempre bonita, é preciso atentar para a rega, que não pode ser exagerada, e à luminosidade, que deve ser preferencialmente direta.

6. Véu de noiva

O véu de noiva é outro clássico dos jardins verticais. Tem caráter ornamental e deixa qualquer espaço mais harmonioso e bonito. Suas pequenas flores brancas são delicadas e os ramos apresentam nuances diferentes (mistura de tons verdes e arroxeados).

Como cuidados necessários, se destacam a irrigação frequente, a poda e a fertilização natural. Por ser uma variedade um pouco mais frágil do que as demais, a indicação é que seja manuseada com cuidado e combinada com espécies de bom convívio.

Agora que você conhece as espécies, basta combinar as suas preferidas para montar o seu jardim vertical. Lembre-se, também, de atentar para o espaço de colocação – que deve ser compatível com as necessidades das plantas escolhidas. Agora, mãos à obra: seu jardim vai ficar lindo!

E então, quais espécies você pensa em plantar em seu jardim vertical? Ficou com alguma dúvida sobre o tema? Deixe sua mensagem nos comentários e até a próxima. 

  1. Heli Schlickmann disse:

    Olá legal as opções…temos também os dois tipos de aspargus ( foi citado um), o maringá, o dinheiro em penca, a acalyfa repends, a hera verde e variegata, o singonio, a peperômia, a lantana camara entre outras…. e claro se optar por orquídeas garantirá um charme a parte…

    • PlastPrime disse:

      Olá, Heli! Agradecemos sua participação. Verdade, existem mais algumas espécies que são ótimas para jardins verticais. Em breve, vamos lançar um material que contém mais plantas! Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *