Plantas aromáticas: como cultivar em casa

Você sempre quis uma hortinha perfumada, vibrante, fresca e colorida? Então, precisa saber mais a respeito das plantas aromáticas!

Hortelã, cebolinha, manjericão e salsinha são algumas opções interessantes para esse tipo de cultivo que, além de beneficiar com seus poderes olfativos e de sabores únicos, deixarão seu lar ainda mais convidativo.

Essa proposta ganha um ar diferenciado quando aplicada em vasos, que podem ser dispostos próximos à janela ou em vasos empilháveis dispostos em uma bancada, por exemplo. Ainda, outra ideia muito prática e charmosa são os jardins verticais, que podem ser alocados em espaços nos quais proporcionarão a luminosidade que as espécies precisam.

Neste artigo, apresentaremos algumas plantas aromáticas e dicas de cultivo. Escolha as suas preferidas e comece a perfumar e adicionar mais sabor ao seu lar!

O que são plantas aromáticas?

Um dos principais desejos de quem cozinha é ter à mão ingredientes frescos que deixam os pratos mais saborosos e atrativos. Afinal, nada melhor do que uma comida bem temperada e aromática, não é mesmo?

E não há como negar o realce de sabor quando as plantas aromáticas são colhidas na hora e adicionadas à receita em seguida.

Essas iguarias culinárias adicionam mais cor, sabor e aroma aos pratos, além de serem ricas em nutrientes que favorecem nossa saúde e bem-estar.

As plantas aromáticas estão presentes em nossas vidas há séculos. E são utilizadas em diferentes preparos para dar mais sabor aos alimentos, perfumar ambientes, decorar e também fortalecer a saúde.

Quais plantas aromáticas plantar em casa?

As plantas aromáticas são bem características das hortas caseiras. Elas são utilizadas tanto para alegrar e conferir mais perfume e vida às plantações quanto para fins medicinais e culinários.

Existem diversas especiarias que podem ser utilizadas como tempero na elaboração de diferentes pratos. Outras espécies também possuem propriedades terapêuticas e medicinais que trazem diversos ganhos à saúde.

A seguir, confira algumas opções de plantas aromáticas para plantar em casa:

1. Manjericão

Esta planta aromática é bastante popular, sendo muito utilizada no preparo de pratos da culinária italiana, como massas, pizzas, caldos e pães.

O manjericão possui altos índices de vitaminas, antioxidantes, ferro e cálcio. Além de dar aquele gosto especial aos pratos, ele pode ser utilizado para tratar inflamações na garganta e aliviar o cansaço e até mesmo febres.

2. Salsinha

A salsinha é uma das plantas aromáticas mais utilizadas em nossa culinária devido ao seu sabor único e à sua versatilidade. Ela pode ser adicionada a omeletes, saladas, sopas, feijão e diversos outros pratos, sendo uma poderosa fonte de ferro e de vitaminas.

3. Orégano

O orégano é rico não apenas no aroma, como também na quantidade de compostos antioxidantes.

Essa planta aromática enche diferentes pratos de sabor. Fica uma delícia nos molhos, massas, vegetais cozidos, pizzas, entre outros.

4. Cebolinha

Impossível falar em plantas aromáticas e não lembrar da cebolinha, não é mesmo? Além de ser super saborosa, possui elementos antioxidantes e pode ser utilizada como alternativa para reduzir a quantidade de sódio no preparo de diferentes pratos.

5. Hortelã

Esta planta aromática é conhecida pelos benefícios que oferece para nossa saúde. Ela ajuda a melhorar a digestão e a imunidade, além de reduzir os sintomas do estresse.

O consumo da hortelã é bastante simples, já que ela pode ser facilmente utilizada no preparo de sucos, chás, águas aromatizadas e até mesmo como tempero de pratos.

Cuidados básicos com as plantas aromáticas

Para cultivar as plantas aromáticas em casa, é preciso tomar alguns cuidados básicos. Assim, você poderá desfrutar de todo seu sabor e aroma. Conheça agora os principais:

Escolha um vaso adequado

Os vasinhos ajudam a restringir o crescimento das plantas aromáticas e também impede que elas tomem conta do espaço de outras ervas. Assim, o vaso ideal deve ter capacidade para suportar o desenvolvimento da espécie, seu enraizamento e prover a drenagem ideal para a planta.

Tenha cuidado com a iluminação

Boa parte das plantas aromáticas se desenvolve melhor em ambientes com incidência de luz. Por isso, posicione os vasinhos em um local com exposição à luz solar.

Capriche na rotina de regas

Para que as plantas aromáticas cresçam e se desenvolvam, elas precisam de solo sempre úmido. Em dias mais quentes, pode ser necessário regá-las duas vezes. Mas certifique-se de não encharcar o solo e comprometer a saúde das espécies.

E então, pronta para começar a cultivar plantas aromáticas que deixarão a sua horta mais saborosa e cheirosa? Tem alguma outra espécie para indicar? Deixe sua mensagem nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *