Parede verde: como começar?

Telhados verdes e jardins verticais já saíram do espaço privado faz tempo: grandes metrópoles do mundo, como São Paulo e Nova York, têm o tema dentro de suas políticas públicas. Por sorte, a incorporação do verde na cidade parece ser uma tendência – e, para quem quer trazê-la para dentro de casa, vamos ensinar algumas dicas básicas para fazer seu próprio jardim vertical, ou “parede verde”. Mesmo que você tenha poucos metros quadrados disponíveis para isso.

O primeiro passo é encontrar o “recipiente” ideal: em lojas especializadas, é possível encontrar módulos que são encaixados rapidamente na parede. “Qualquer pessoa que saiba usar uma furadeira consegue montar os módulos de maneira segura, e sem gastar muito”, ensina a gerente de marketing da Isto!, Suelen Oliveira.

Na escolha da planta ou flor para o ambiente pequeno, é importante selecionar plantas de menor porte, cujo desenvolvimento harmonize com o local – consulte um jardineiro ou floricultura para saber qual a melhor opção. O único ponto essencial é que o espaço tenha luminosidade: sem claridade, o jardim não se desenvolverá.

Segundo Suelen, a rega, a poda e a adubagem são cuidados básicos para todo jardim, vertical ou não. “Temos que cuidar também da temperatura. Seja ela muito baixa, com a geada, ou muito alta, com sol forte incidindo direto na plantação. Em ambos os casos, é possível protegê-la”, salienta. Outra orientação é não instalar a parece em locais da casa com muita amplitude térmica (quando há uma diferença grande entre temperatura mínima e máxima).

Irrigação

Um sistema específico de irrigação só é necessário para grandes jardins verticais, pois diminui o trabalho da rega. Mas se o proprietário quiser ter uma preocupação menor da rotina de rega, é possível fazê-lo mesmo no jardim pequeno. O sistema pode ser adquirido em floriculturas ou casa de material de construção. “Nosso produto já vem com um suporte especial para o cano de irrigação ser instalado”, esclarece Suelen.

Mais detalhes sobre os módulos da Isto! aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *