Parquinho em área externa: o que levar em consideração?

Crianças têm muita energia e querem brincar a todo momento. Por isso, levá-los para passear e se distrair fora do lar é muito importante. O parquinho em área externa é ideal para que os baixinhos se divirtam e gastem bem o seu tempo. Porém, ao frequentar ou construir um playground ao ar livre, é necessário prestar atenção a alguns detalhes que garantem a segurança e o bem estar de quem usufrui desse espaço. Continue a leitura e entenda!

Considerações de um parquinho em área externa

Um parquinho tem que ser acima de tudo seguro. Quando ele está localizado em praças ou quintais é preciso cuidados especiais na sua concepção. Ao construir ou reformar, deve-se levar prestar atenção aos pisos, brinquedos, tintas e areias que serão utilizados.

Revestimento ideal

piso para parquinho correto em área externa deve apresentar características ideais para garantir a segurança durante as brincadeiras:

  • ser antiderrapante, prevenindo escorregamentos;
  • ser permeável, ou não acumular água;
  • proporcionar amortecimento – crianças se desequilibram e caem com frequência;
  • ser resistente ao tempo e ao uso por estar em local desprotegido;
  • possuir fácil manutenção;
  • materiais: os pisos para playground devem ser de blenda de E.V.A e polipropileno, grama, areia, ou outros materiais que preenchem os requisitos acima.

Um alerta: cuidado com a areia em parquinhos abertos. Isso porque muitos animais acabam frequentando esses espaços e correm o risco de contaminá-los. Assim, crianças ficam sujeitas a doenças e infecções – sendo a toxoplasmose uma das mais comuns. Para controlar estes incidentes deve-se cercar o local e utilizar areia esterilizada e específica para playground. Ah, observe se há presença de lama e argila na areia, pois estas são fontes potenciais de agentes contaminantes e transmissores de doenças.

Você encontra as informações de espessura do piso de acordo com a altura dos brinquedos na ABNT para playground NBR 16.071, ou no nosso post: Quais são as normas ABNT para playground?

Cuidados com os brinquedos

Os brinquedos em maiores alturas precisam obter proteções laterais ou até redes. Caixas de areia, grama fofa, ou piso amortecedor devem ser fixados ao chão, à beira de escorregadores, escadas e escaladas.

Deve-se ter o cuidado redobrado em parquinhos de madeira, pois estes sofrem mais com o tempo. Quando não recebem a manutenção adequada, podem apresentar farpas, rebarbas e causar danos à segurança dos pequenos. Os brinquedos de ferro, se não reparados constantemente, também causam riscos quando enferrujados.

Segundo normas da ABNT, materiais, tintas e acabamentos utilizados nos parquinhos e espaços infantis devem ser atóxicos – isso impede o uso de venenos contra pragas ou verniz nos brinquedos de madeira. Além disso, os brinquedos devem ter um bom acabamento e ser de material liso.

Outro ponto importante são os espaços entre os brinquedos – principalmente ao ar livre, onde as crianças gostam de correr. Para garantir a segurança de quem brinca, os brinquedos devem ficar separados por, no mínimo, 1,3 m de distância.

Solução PlastPrime para piso de parquinho em área externa

Piso para Playground PlastPrime é feito de polipropileno e E.V.A modular. Ele é ideal para áreas externas utilizadas em parquinhos, escolas, e parques. Este revestimento é altamente resistente ao impacto, à umidade, e à ação de agentes biológicos. Seu sistema modular simplifica a instalação e manutenção, diminuindo os custos. Além disso, ele possui proteção UV, protegendo-o do desgaste solar.

Além de garantir segurança para quedas de alturas de até 90 cm, esse produto é flexível e antiderrapante, garantindo maior conforto na hora de brincar. Um piso ideal para parquinhos deve atender às normas legais, ser atóxico, e não permitir o empoçamento de água – como o Piso para Playground PlastPrime. 

Quando tratamos de nossas crianças, o investimento em bem estar e segurança nunca é demais! Atente-se a estas considerações para usufruir de um excelente parquinho externo. Nos vemos em breve, até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *