Dicas para transformar sua área externa

Ter uma área externa bonita, prática, funcional e convidativa é maravilhoso, não é mesmo? Porém, se esse espaço de sua casa já não está correspondendo às suas expectativas, pode ser hora de transformar sua decoração!

Para descobrir por onde começar e conferir algumas ideias para ter uma área externa linda e aconchegante, continue a leitura do artigo de hoje!

1. Defina o principal objetivo de sua área externa

A área externa pode ter mil e uma utilidades. Mas é interessante escolher uma proposta principal para o ambiente. Por exemplo, o foco será criar um espaço gourmet ou um cantinho relax

A partir dessa escolha, ficará mais fácil orientar as escolhas de decoração e montagem do espaço, além dos tipos de revestimentos, cores, móveis, etc.

2. Pense na iluminação ideal para a decoração de sua área externa

Um ponto bem importante na projeção de áreas externas é a iluminação. Além de ajudar a criar um ambiente acolhedor e bonito, ela deve também ser funcional.

Por exemplo, em espaços reservados à preparação de refeições, deve-se ter um foco de luz que permita o uso do ambiente a qualquer hora do dia ou da noite. Já para ajudar a criar uma sensação de conforto e aconchego, utilizar iluminações indiretas é uma boa ideia. 

Outra dica que fica super bacana é utilizar pontos de luz posicionados abaixo de árvores mais imponentes, isso ajuda a valorizar a vegetação do espaço. Também vale lembrar de que há LEDs específicos para áreas externas. 

3. Pense em um uso estratégico para as cores do espaço

A combinação de cores na decoração é um dos aspectos que mais geram dúvidas. Se você tem medo de se arrepender da escolha, mas quer renovar o visual do espaço, a dica é escolher cores mais neutras para paredes, pisos e móveis maiores e apostar em pontos de cor em elementos menores e mais fáceis de trocar e reposicionar – como almofadas, vasinhos de plantas, etc.

4. Leve em conta a segurança em seu projeto de decoração para área externa

Além do quesito beleza, sua decoração de área externa deve também considerar a segurança, sobretudo se crianças ou idosos circularem pelo espaço. 

Por isso, é importante, entre outras coisas:

  • Utilizar piso antiderrapante, principalmente nas proximidades de áreas úmidas ou molhadas (como ao redor da piscina, por exemplo).
  • Ter cuidado com a escolha dos móveis. Peças de madeira, por exemplo, com a umidade característica do ambiente aberto, sobretudo se pegarem chuva, podem levantar farpas e causar incidentes. 
  • Avaliar a necessidade de utilizar elementos como redes, telas e guarda-corpos nas áreas externas.
  • Instalar focos de iluminação em pontos que devam ser sinalizados e demandem mais atenção para uso – como escadas, degraus, corredores, etc. 

5. Entre na tendência dos jardins verticais

Os jardins verticais estão entre as maiores tendências paisagísticas do momento e agregam uma beleza sem igual para a decoração de área externa. Eles são muito versáteis e combinam com espaços mais compactos ou vastos, podendo ser utilizados para criar uma parede verde, uma hortinha ou o que sua imaginação criar. 

Além disso, eles ajudam a gerar mais conforto térmico e a trazer uma sensação de tranquilidade e aconchego ao ambiente. 

6. Insira plantas na decoração de sua área externa

Além do jardim vertical, plantas em vasos também não podem ficar de fora de seu projeto. Elas são elemento básico para a ornamentação de área externa, ajudam a refrescar, embelezar e perfumar o local, trazendo um charme sem igual aos projetos.

Para isso, é importante avaliar quais plantas utilizar levando em consideração questões como o espaço disponível, a incidência de luz solar, sua disponibilidade para cuidados de manutenção, entre outras.

Ainda, escolher os vasos certos para o desenvolvimento das espécies e para harmonizar com a decoração também é importante. Vale investir em modelos coloridos, para trazer mais ludicidade ao espaço. Outra boa aposta são os Vasos Empilháveis que têm um visual lindo e ajudarão a otimizar seu espaço. 

7. Crie uma área de decks

Embora, inicialmente nos projetos paisagísticos o deck tivesse como aplicabilidade principal circundar piscinas, hoje, seus usos são muito mais variados. Ele pode ajudar a marcar caminhos em seu jardim, delimitar área gourmet ou de churrasqueira, compor solários super charmosos, entre outras aplicações. 

No entanto, são necessários alguns cuidados para a escolha do tipo de deck. Como vimos, é importante que o piso seja antiderrapante. Também é recomendado que ele seja drenante, absorvendo a umidade e evitando a formação de poças d’água em seu espaço, tornando-o mais seguro e agradável para todos. 

Os decks de plástico, como o Deck Modular Plástico da PlastPrime são exemplares nesse quesito. Além de serem antiderrapantes e drenantes, eles apresentam alta qualidade e durabilidade, não esquentam com o sol, não racham, empenam ou apodrecem e são feitos à base de produto reciclável – no caso plástico proveniente da reciclagem das caixas longa vida.

E, claro, seu visual é muito bonito, compondo lindas combinações para diversos estilos de decoração de área externa. Ainda, apresentam instalação muito simples, não demandando a contratação de mão de obra especializada. 

E então, gostou das dicas para transformar a decoração de sua área externa? Para conhecer outras ideias, baixe o nosso guia prático de paisagismo para iniciantes e comece já a criar seu projeto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *