Como montar um jardim vertical em casa?

Quando o assunto é jardinagem, as opções do mercado estão cada vez mais variadas e adaptadas à realidade da vida moderna. Com o tempo cada vez mais curto e o aumento da procura por espaços com mais segurança, a população passa a migrar – e a se adaptar – à vida em apartamentos.

Pensando nisso, e buscando manter a aproximação com a natureza, surge uma alternativa prática e versátil: o jardim vertical em casa. Ele funciona como uma espécie de estrutura que pode ser fixada em paredes para acomodação de plantas de modo prático e otimizando seu espaço.

As opções para a construção de um jardim vertical em casa são inúmeras. É por isso que, no post de hoje, preparamos várias inspirações e algumas dicas para lhe ajudar a criar o seu próprio jardim vertical em casa. Confira!

1. Escolha do local para o jardim vertical em casa

Para começar, pense bem onde ficará localizado o seu jardim vertical. O ideal é um espaço arejado e com iluminação solar indireta.

As suas flores vão precisar de ar e luz para se desenvolver, e uma dica bacana é optar pela instalação do jardim vertical em casa em uma parede de cor clara, que contraste com seu jardim, evidenciando as plantinhas. O efeito ficará lindo!

2. Pense na estrutura

Você pode optar por adquirir uma estrutura pronta ou montar você mesma a sua. A regra, aqui, é abusar da criatividade! Se escolher colocar a mão na massa, a dica é apostar em pallets ou caixas/sobras de madeira. Prateleiras também podem ser uma opção, pois são de fácil instalação e manutenção!

Lembre-se: não é preciso seguir padrões! Você pode montar o seu jardim vertical em casa na forma e no tamanho que achar mais adequado.

3. Escolha as plantas certas

Infelizmente, não são todas as plantas que resistem a ambientes fechados. Por isso, é necessário que você pesquise aquelas que a sua casa ou seu apartamento comporta. Busque por espécies que consigam viver sem luz solar direta e que exijam menos umidade e fique atento ao tamanho das plantinhas em relação à estrutura do jardim.

Opções pesadas ou que tendem a crescer muito não são boas escolhas – mas não desanime, pois o mercado está cheio de boas opções de plantas para espaços internos!

4. Coloque sua personalidade em evidência!

O jardim deve representar o clima da sua casa, por isso, o faça de acordo com a sua personalidade.

Se você gosta de cores, aproveite para utilizá-las: um jardim alegre, além de enfeitar sua residência, trará boas vibrações e energias. Já se você prefere algo mais clássico, invista em cores neutras, que trarão sofisticação ao ambiente.

5. Utilize materiais de qualidade

Qualidade é palavra de ordem na decoração! Por isso, construa seu jardim com materiais resistentes e adequados, como os das Isto!, capazes de suprir às necessidades do seu ambiente e de suas plantinhas.

6. Misture elementos

Além de o seu jardim proporcionar a aproximação com a natureza, ele pode ser considerado um espaço decorativo. Por isso, aposte, também, em um layout diferenciado. Uma ideia é misturar elementos: quem sabe utilizar a mescla de materiais novos e reciclados?

Latas, vidros, garrafas PET, pneus e caixotes são bons exemplos que podem ser reaproveitados para a construção do jardim vertical em casa. Trazer o “lixo” ao “luxo” com uma decoração sustentável é uma super tendência, e deixa o ambiente mais charmoso e aconchegante.

Gostou das nossas dicas? Agora, é hora de trabalhar para colocar o seu jardim vertical de pé! Não deixe de consultar, também, a nossa lista de produtos para montar um lindo jardim, e se você ficou com alguma dúvida, deixe sua mensagem nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *